“A demarcação do lugar da filosofia de Schopenhauer na história da filosofia” (Dax Moraes)

O significado de “idealismo” nas obras de Kant e Schopenhauer não é tão claro como poder-se-ia supor à primeira vista. Na edição de 1844 de O mundo como vontade e representação, Schopenhauer anuncia a tese da absoluta distinção entre real e ideal, demarcando assim a peculiaridade de sua filosofia em relação a todos os sistemas anteriores que privilegiaram um ou outro de modo unilateral. A partir de então, o ideal se refere a tudo que pertence ao âmbito das representações, o subjetivo, ao passo que o real (real) se refere à coisa em si, havendo, portanto, uma cisão entre o real propriamente dito e o efetivo (wirklich) que caracteriza a objetividade das intuições empíricas. Essa mudança nada modesta traz consigo implicações difíceis de contornar. Ademais, é indicativa de uma mudança de atitude com relação ao que até então se denominava “idealismo”, produzindo aparentes inconsistências. Ao mesmo tempo em que Berkeley passa a ser estimado como o primeiro a formular a tese idealista em seu sentido mais próprio, isso não é declarado no mesmo sentido em que, conforme o §5 do primeiro tomo, Fichte passa a ser indicado como o único filósofo a tomar o sujeito, não uma espécie qualquer de objeto, como ponto de partida. Isso, no entanto, não é dito no mesmo sentido em que vemos Schopenhauer fazer apologia do idealismo contra o ingênuo realismo materialista. No §7 do primeiro tomo, Fichte passa a ser dito um “filósofo da ilusão”, pois se atém exclusivamente ao subjetivo e ao ideal, e, de acordo com um trecho expurgado na segunda edição, algo de objetivo como fundamento poderia ser encontrado até mesmo em Berkeley. A atenta consideração dos vários elementos dessa controvérsia leva à suposição de que Schopenhauer não via a si mesmo como um idealista, nem mesmo como um idealista transcendental, cujo mérito residiria particularmente no método pelo qual se demonstrava a falsidade da perspectiva realista transcendental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s