O Belo & a Consolação – Richard RORTY

Como escreveu alguém num blog: «A uma dada altura a SIC passou aquele que talvez tenha sido o melhor programa de televisão alguma vez feito.» Entre 1 de maio de 2001 e 15 de maio de 2002 e depois repetido em 2006 a SIC, na rubrica (quinzenal) “Noites Longas”, apresentou um programa de entrevistas que tinha como título holandês “Van De Schoonheid en de Troost” no original; “Of Beauty and Consolation” na versão inglesa e “O Belo e a Consolação” na tradução portuguesa, que em alguns programas mudou para, “Da Beleza e Consolação”; deve ter tido a ver com os vários tradutores envolvidos, já que traduziam de ouvido e ver (algumas legendas de origem e o titulo estavam em holandês).

A ordem por que passou na Sic foi: Richard Rorty, filósofo; Simon Schama, historiador; Martha Nussbaum, filósofa; George Steiner, escritor e filósofo; Roger Scruton, filósofo; Stephen Jay Gould, zoólogo e paleontólogo; Edward Witten, cientista e matemático; Steven Weinberg, cientista; Gary Lynch, neuropsicologista; Leon Lederman, cientista experimental; Vladimir Ashkenazy, pianista e maestro; Catherine Bott, soprano; Rudi Fuchs, director de museu; Karel Appel, pintor; John Coetzee, escritor; Elizabeth Loftus, psicóloga; Germaine Greer, escritora; Wole Soyinka, escritor; Yehudi Menuhin, violinista e maestro; Dubravka Ugresic, escritora; Grand Finale (debate em Amesterdão entre alguns dos participantes); György Konrád, escritor; Jane Goodall, escritora e etóloga; Tatjana Tolstaja, escritora e Rutger Kopland, poeta e psiquiatra.

Esta ordem devia ser igual à que passou na televisão holandesa VPRO, já que é costume vir uma “running order” a acompanhar os programas. A série constava de 24 conversas (deviam ser 26, mas dois; Freeman Dyson, cientista e Richard Dufallo, maestro, nunca chegaram a vir (não se sabe a razão), com vinte e quatro pessoas extraordinárias com diferentes percursos e visões da vida: artistas, cientistas, músicos e filósofos.

Apresentada por Wim Kayzer (jornalista , cineasta e escritor) e produzida por Vera de Vries, foi pela primeira vez transmitida pela televisão holandesa VPRO, em 2000. No site da VPRO (http://www.vpro.nl/programma/schoonhe…) existe documentação áudio e vídeo em inglês sobre a série. Encontrei também referencias a um livro em holandês de Wim Kayzer de titulo “Het boek van de schoonheid en de troost” (O livro da beleza e consolação), que saiu na mesma altura em que a série foi apresentada na Holanda. Pela pesquisa que fiz só teve edição holandesa.

Aqui vos deixo para quase todos, os programas de “O Belo e a Consolação”, legendados em português, seguindo uma ordem aleatória, com a única certeza que o último a colocar será o debate final. – Francisco Grave

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s