“Notas sobre a filosofia da sensibilidade em Ponty e Cioran” – Roberto Pereira Veras & Ricardo Pereira Veras

Revista Reflexões, Fortaleza, ano 3, nº 5, julho-dezembro de 2014

Resumo: Este artigo intenta mostrar por meio do método hermenêutico, o posicionamento filosófico de Maurice M. Ponty (1908-1961), e Emil M. Cioran (1911-1995) em relação à importância da sensibilidade como elemento fundante do conhecimento na contemporaneidade. Para tanto, iremos estabelecer um confronto entre a obra Fenomenologia da Percepção de 1945, e o Breviário de Decomposição de 1949 para uma melhor abrangência do tema proposto.

Palavras-Chave: Maurice M. Ponty. Emil M. Cioran. hermenêutica. sensibilidade.

Abstract: This article aims to show through the hermeneutic method, the philosophical position of Maurice M. Ponty (1908-1961), and Emil M. Cioran (1911-1995) regarding the importance of sensitivity as a fundamental element of knowledge in contemporary society. For this, we establish a comparison between the work Phenomenology of Perception, 1945, and 1949 Breviary Decomposition for better coverage of the proposed topic.

Keywords: Maurice M. Ponty. Emil M. Cioran. hermeneutics. sensitivity.

[PDF]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s