Erotismo, mística e hermenêutica em Georges Bataille e Friedrich Schlegel – Cidah DUARTE

Nesta conversa, Cidah Duarte percorreu alguns dos principais temas da obra filosófica e literária de Georges Bataille, relacionando-a com o projeto do primeiro romantismo alemão de Friedrich Schlegel. Temas como os do erotismo, da mística e da experiência foram mobilizados e sua fala, assim como o da hermenêutica.

Cidah Duarte Possui Bacharelado (2011) e Licenciatura plena (2011) em Filosofia, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Especialização em Filosofia moderna e contemporânea (2013) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), ingressando no primeiro semestre de 2014 no Mestrado (linha de pesquisa Estética e Filosofia da Arte) desta mesma instituição, como bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) até 2015. Em 2015 foi contemplada com a bolsa mestrado nota 10 da FAPERJ, com vigência até Fevereiro de 2016, quando defendeu a dissertação e obteve o título de mestre com recomendação de publicação de livro. Em março do mesmo ano ingressou no doutorado em filosofia, também pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Em 2018 foi contemplada como bolsista de doutorado CAPES. De 2010 a 2012 esteve na criação, realização e produção do Núcleo de Teatro Conceitual do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ, ligado ao Laboratório OUSIA de estudos clássicos, coordenado pelo Prof. Dr. Fernando José de Santoro Moreira e na direção do Cineclube do IFCS. Atua na área de Estética, principalmente no tema: ‘Erotismo, Mística e Hermenêutica”, com foco em Bataille, e Romantismo Alemão (Hölderlin e Schlegel, F.). De 2011 a 2014 atuou como professora contratada de Filosofia, Fundamentos Históricos e Filosóficos da educação, Projetos de monografia e Ética, nos segmentos do ensino médio, normal e técnico da rede particular de ensino, no Colégio Santa Maria. Atua como professora concursada de filosofia e sociologia na SEEDUC-RJ, de 2014 até os dias atuais. É membro do Grupo de pesquisa: As cartas de Nietzsche, coordenado pela Profª Drª.Rosa Maria Dias (UERJ) e do Grupo de pesquisa CNPq: Narrativas do excesso: Hermenêutica filosófica, mística e literatura, coordenado pelo Prof. Dr. Fabiano de Lemos Britto (UERJ) e pelo Prof. Dr. Alexandre Marques Cabral (UERJ). É autora do projeto “Despertar da Consciência”, em parceria com o Comitê Étnico e Racial da SEEDUC-RJ e com o CIEP Frei Agostinho Fíncias.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s