O conto budista que nos ensina a ignorar quem nos machuca

O que Buda ensina com essa história?

O sincero e o justo não vê motivos para reagir às ofensas. Essas tem uma fonte, uma origem. Elas provêm da imagem que uma mente distorcida pode ter, e não da realidade dos fatos. Então, se alguém se comportar mal com você, não deixe sua atitude alterar seu equilíbrio psicológico. O maior prejudicado é você e a quem você dá muita importância.

As coisas podem mudar rapidamente, e devemos ter inteligência para compreender isso. Às vezes, passam-se meses antes das desculpas chegarem (se é que chegam), porém não há motivo para seguir adiante com o mal, porque já se tornou passado, no presente, ele já não existe mais.

Publicidade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s