As Velhinhas e o Diabo, Serial Killers e Canibais: aforismos de Ciprian Vălcan

A história do homem contemporâneo será a história dos monstros que terá produzido. A partir do século XXII, não concederão mais o prêmio Nobel, mas o prêmio Breivik.


O estágio final do capitalismo é o canibalismo.


Todos os cineastas que encontrei falavam do grande talento para atuar dos prisioneiros. Seria necessário, provavelmente, um serial killer para encenar um Macbeth perfeito.


Breivik e Fritz são figuras paradigmáticas para o Ocidente contemporâneo, que chegou a oscilar entre a demência e a perversão.
O Ocidente não é mais capaz de produzir grandes homens, mas tão-somente monstros, figuras tipicamente celeradas.


O canibal quer apenas que lhe deixem devorar o próximo. Difícil dizer se o ama também…


Chegará o dia em que apenas os serial killers poderão tornar-se membros da Academia Francesa.


As crianças do século XXII não vão mais querer ser Goethe ou Maradona ou John Lennon, mas Ted Bundy ou Charles Manson. O ideal do homem decadente será o serial killer.


As memórias de um canibal dos tempos modernos serão o livro de receita mais em voga no século XXIII.


Daqui a trezentos anos só teremos partidos malthusianos e anti-malthusianos, e as eleições serão vencidas por aqueles que apoiam a legalização do canibalismo. Os canibais serão vistos como salvadores, como messias que se comprazem com a carne humana.


Antigamente, os santos atraíam multidões de admiradores vindos de todas as partes para admirar as suas façanhas. Hoje, nos enchemos de curiosidade pelas atrocidades dos serial killers. Nós costumávamos ler as vidas dos santos. Hoje devoramos a biografia romanceada de Ted Bundy.


Prefácio do livro: “As Velhinhas e o Diabo: aforismos para tempos que ainda esperam pelo despertar da história” – Giovanni ROTIROTI


VĂLCAN, Ciprian, As velhinhas e o diabo. Trad. de Rodrigo Inácio R. Sá Menezes. São Paulo: Tesseractum: 2022.

Publicidade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s