“Menina tomou choque na vagina, ânus e boca”: relato de ex-militar sobre tortura e execuções na ditadura | UOL (19/04/2022)

O soldado reformado Valdemar Martins de Oliveira, 70 anos, serviu na Brigada Paraquedista, na Vila Militar, do Rio de Janeiro, e trabalhou, ao longo do ano de 1968, como um espião da ditadura militar e trabalhou com alguns dos agentes mais violentos das Forças Armadas no período. Em entrevista à coluna, ele relatou como presenciou a tortura e a execução a tiros de João Antônio e Catarina Abi-Eçab, militantes da Ação Libertadora Nacional (ALN).

Leia mais: “Testemunha de tortura, ex-espião do Exército relata execuções na ditadura” (UOL, 19/04/2022)


No ponto em que as coisas se encontram, só merecem interesse as questões de estratégia e de metafísica, aquelas que nos fixam na história e as que nos afastam dela: a atualidade e o absoluto, os jornais e os Evangelhos…

CIORAN, História e Utopia (1960)
Publicidade

Um comentário em ““Menina tomou choque na vagina, ânus e boca”: relato de ex-militar sobre tortura e execuções na ditadura | UOL (19/04/2022)”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s