Instâncias do Grotesco: a estética bolsonarista como reflexo da ética bolsonarista

“Ética e estética são uma só.”

WITTGENSTEIN, Tractatus Logico-Philosophicus, 6.421

A julgar pelo axioma de Wittgenstein, o bolsonarismo não poderia ser (como é) uma abominação estética sem ser ao mesmo tempo uma abominação ético-política, moral (e humanitária, espiritual). Um aspecto confirma o outro. Abominação por toda parte, em todos os sentidos.

Uma jornalista descobriu uma abominação estética no terceiro andar do Palácio do Planalto. Flavia Said, do Metrópoles, compartilhou uma tela em que Bolsonaro aparece numa viagem no tempo, proclamando a república.


RELACIONADO:

Publicidade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s