Presidente da FUNAI acusado de “miliciano” e expulso da ONU | Meteoro Brasil

O presidente da Funai, Marcelo Xavier, foi expulso de um evento da ONU aos berros. Chamado de miliciano, ele apenas se retirou da sala em silêncio, acompanhado dos assessores.

Presidente da Funai é expulso de evento internacional em Madri (UOL, 21/07/2022)

O presidente da Funai, Marcelo Xavier, foi obrigado a deixar um evento em Madri depois que passou a ser atacado por grupos que questionavam sua presença em uma reunião internacional sobre a situação indígena.

Ricardo Rao, ex-funcionário da Funai, usou o evento para denunciar a presença de Xavier, alegando que ele não teria motivo para estar naquela sala. Constrangido, o presidente da Funai deixou o local.

“Esse homem não pertence aqui”, gritou Rao, apontando o dedo ao presidente da entidade. “Esse homem é um assassino, esse homem é um miliciano”, disse.

“Ele é responsável pela morte de Bruno (Pereira) e Dom Phillips. Você é um miliciano, bandido”, completou Rao, que também deixou a sala. O UOL procurou a Funai e aguarda um posicionamento da entidade. Bruno, também ex-funcionário da Funai, e Dom, jornalista britânico, foram assassinados no Vale do Javari, no mês passado.


CONTEÚDO RELACIONADO: