Com Bolsonaro “quem é atacada não é a imprensa, é a democracia” – Jamil CHADE | BdF

As sistemáticas agressões de Jair Bolsonaro (PL) à imprensa não foram interrompidas, mesmo durante o período eleitoral. Até durante o funeral da Rainha Elizabeth 2ª, em Londres, apoiadores do presidente da República expulsaram jornalistas brasileiros da BBC, veículo de mídia sediado no Reino Unido, que tentavam cobrir a passagem de Bolsonaro pela capital britânica.

Para o jornalista Jamil Chade, colunista do portal de notícias UOL, essas agressões são, na verdade, “um ataque à própria democracia”. Chade, que lança neste mês o livro “Ao Brasil com Amor”, em parceria com a também jornalista Juliana Monteiro, é o convidado desta semana no BdF Entrevista.


CONTEÚDO RELACIONADO: