Minicurso online: “Filosofia, Literatura e Gnose” – Juliano G. PESSANHA & Rodrigo MENEZES

Uma convite à reflexão sobre as encruzilhadas e impasses existenciais do mundo moderno, os abismos e cumes, desertos e oceanos da existência humana. Hoje e sempre.

DESCRIÇÃO:

Este minicurso online se propõe a apresentar algumas das principais vozes filosóficas e literárias do século 20 que orbitam em torno da tríplice temática: gnose, existencialismo e niilismo. A partir das análises existenciais de Heidegger e da hermenêutica de Hans Jonas, trata-se de um convite ao pensamento filosófico em diálogo com nomes de peso da filosofia e da literatura na modernidade.

INFORMAÇÕES:

Minicurso em 2 encontros online
Carga horária total: 4h
Quando: 30/11 e 7/12 (quartas-feiras)
Horário: de 20h a 22h
Onde: Google Meet

O link de acesso à sala do Google Meet será enviado, no dia de cada encontro, para o mesmo email do comprovante PIX.

As aulas serão ministradas conjuntamente por Juliano Garcia Pessanha e Rodrigo Menezes.

Emitiremos CERTIFICADO DIGITAL.

Os encontros não serão gravados.

VALORES:

☞ Individual: R$ 180,00

PROMOCIONAL:

☞ Convidando um(a) amigo(a) para participar, cada um(a) paga R$ 150,00

CHAVE PIX (CPF):
106 723 058 01
(Juliano G. Pessanha)

Enviar o comprovante para um destes endereços eletrônicos:

julianogpessanha@hotmail.com
portalemcioranbr@gmail.com

OS PROFESSORES:

JULIANO GARCIA PESSANHA nasceu em São Paulo em 1962. Graduou-se em filosofia (USP). É mestre em psicologia (PUC-SP) e doutor em filosofia (USP). É autor do romance O filósofo no porta-luvas (Todavia, 2021), pelo qual foi contemplado com o terceiro lugar do prêmio Machado de Assis, da Biblioteca Nacional. Lançou em 2018 Recusa do não-lugar (Ubu) e Epigramas recheados de cicuta, coautoria com Evandro Affonso Ferreira. Autor também de Sabedoria do nunca (1999), Ignorância do sempre (2000), Certeza do agora (2002) e Instabilidade perpétua (2009), publicados originalmente pela Ateliê Editorial e reunidos no volume Testemunho transiente, publicado pela Cosac Naify em 2015, pelo qual recebeu o Grande Prêmio da Crítica da APCA na categoria Literatura. Foi premiado ainda com o Nascente (Abril-USP) nas categorias poesia e ficção, em 1997. É professor e dirige grupos de estudo de filosofia.

RODRIGO MENEZES é bacharel em Filosofia, mestre em Ciências da Religião e doutor em Filosofia pela PUC-SP. Pesquisador independente, tradutor e editor. Organizou em 2021, no YouTube, o primeiro evento internacional online dedicado ao filósofo romeno de expressão francesa: o Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran. Como estudioso de Cioran, tem participado de congressos nacionais e internacionais, como o Encuentro Internacional Emil Cioran, na Colômbia, e as Giornate di Studio su Cioran, na Itália. É autor de inúmeros artigos, publicados em importantes periódicos nacionais e internacionais, sobre Cioran, em diálogo com outros autores. Desde o mestrado, suas investigações em torno do filósofo romeno têm se concentrado na relação entre existencialismo, niilismo e gnosticismo, na intersecção entre religião e mito, filosofia e literatura.


BIBLIOGRAFIA PRIMÁRIA:

BLOOM, Harold, Abaixo as verdades sagradas. Poesia e crença desde a Bíblia até nossos dias. Trad. de Alípio Correa de Franca Neto e Heitor Ferreira da Costa. São Paulo: Companhia das Letras, 2012. Excerto: “Abaixo as verdades sagradas”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2021/06/24/abaixo-verdades-sagradas-bloom/

__________, Jesus e Javé: os nomes divinos. Trad. de José Roberto O’Shea. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006.

__________, Presságios do milênio: anjos, sonhos e imortalidade. Trad. de Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996. Excerto: “Autodependência (ou simples gnosticismo)”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2018/05/02/autodependencia-bloom/

CAMUS, Albert, O homem revoltado. Trad. de Valerie Rumjanek. Rio de Janeiro: BestBolso, 2020.

__________, O mito de Sísifo. Trad. de Ari Roitman e Paulina Watch. Rio de Janeiro/São Paulo: Record, 2012.

CIORAN, E. M., Breviário de decomposição. Trad. de José Thomaz Brum. Rio de Janeiro: Rocco, 2011.

__________, História e utopia. Trad. de José Thomaz Brum. Rio de Janeiro: Rocco, 2011.

__________, Le mauvais démiurge, in Œuvres. Paris: Gallimard, 1995. Capítulo: “Os novos deuses” (trad. de Rodrigo Menezes), in: Duas diatribes, Revista (n.t.) Nota do Tradutor, nº 17, 2º vol., dez. 2018. Disponível em: https://www.notadotradutor.com/revista17.html

__________, Nos cumes do desespero. Trad. Fernando Klabin. São Paulo: Hedra, 2012.

FIORILLO, Marilia, O Deus exilado: breve história de uma heresia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Excerto: “Apontamentos sobre o Enigma Gnóstico”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2012/12/02/enigma-gnostico-fiorillo/

HEIDEGGER, Martin, Ser e tempo. Trad. de Fausto Castilho. Campinas: Unicamp, 2012.

JONAS, Hans, A religião gnóstica. Trad. de Ana Maria Pereirinha. Lisboa: Universidade de Lisboa, 2022.

_________, O princípio vida: fundamentos para uma biologia filosófica. Trad. de Carlos Almeida Pereira. Petrópolis: Vozes, 2004. Excerto: “Gnose, existencialismo e niilismo”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/11/03/gnose-existencialismo-e-niilismo-hans-jonas/

LAYTON, Bentley, As Escrituras Gnósticas. Trad. de Margarida Oliva. São Paulo: Loyola, 2002.

PAGELS, Elaine, Os Evangelhos Gnósticos. Trad. de Marisa Motta. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006. Excerto: “Gnosis: autoconhecimento como conhecimento de Deus”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/02/16/gnosis-elaine-pagels/

SLOTERDIJK, Peter, Pós-Deus. Trad. de Markus A. Hediger. Petrópolis: Vozes, 2019. Excerto: “A verdadeira heresia: a gnose (sobre a religião mundial da ausência do mundo)”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2021/04/11/verdadeira-heresia-gnose-sloterdijk/

VOLPI, Franco, O niilismo. Trado. de Aldo Vannucchi. São Paulo: Loyola, 1999. Excerto: “Niilismo, Existencialismo, Gnose”, disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2019/04/12/niilismo-existencialismo-gnose-volpi/


ARTIGOS, OUTROS EXCERTOS
& CAPÍTULOS DE LIVROS:

ANDRADE, Maria Aparecida de; DANTAS, Renan Baptistin, “Gnosticismo e o Evangelho de Tomé: explorações interpretativas”. In: Relegens Thréskeia, UFPR, vol.. 6, n. 1, 2017.

BLOOM, Harold, “Coda: nem pela fé, nem pelos anjos (um sermão gnóstico)”, in: Presságios do milênio: anjos, sonhos e imortalidade. Trad. de Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996, p. 171-185. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2017/04/23/coda-harold-bloom/

___________, Sobre gnose e imaginação poética. In: Presságios do milênio: anjos, sonhos e imortalidade. Trad. de Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2019/03/31/gnose-imaginacao-poetica-bloom/

___________, Sobre gnosticismo cristão: Valentino e a ressurreição. In: Presságios do milênio: anjos, sonhos e imortalidade. Trad. de Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2018/11/20/gnosticismo-cristao-valentino-ressurreicao-bloom/

___________, Sobre profetismo, apocalipticismo e gnosticismo. In: Presságios do milênio: anjos, sonhos e imortalidade. Trad. de Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996, p. 171-185. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2019/07/06/profetismo-apocalipticismo-gnosticismo-bloom/

CULIANU, Ioan P., “Existencialismo, gnosticismo, niilismo (sobre Cioran)”, in: Gnozele dualiste ale Occidentului. Iași: Polirom, 2002. Versão portuguesa (trad. de Rodrigo Menezes): https://portalcioranbr.wordpress.com/2021/09/28/existencialismo-gnosticismo-niilismo-culianu/

FIORILLO, Marilia, “A fraqueza de Deus”, in: O Deus exilado: breve história de uma heresia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/03/27/fraqueza-de-deus-marilia-fiorillo/

_____________, “Aquele que diz sim, aquele que diz não: religiosidade e heresia”. In: Revista Estudos de Sociologia, v. 18, n. 34, 2013.

_____________, “Insolência e imaginação”, in: O Deus exilado: breve história de uma heresia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2019/03/27/insolencia-imaginacao-marilia-fiorillo/

_____________, “No início era a crise”, in: O Deus exilado: breve história de uma heresia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/02/20/inicio-crise-marilia-fiorillo/

_____________, “Um Jesus, vários Cristos”, in: O Deus exilado: breve história de uma heresia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/05/14/um-jesus-varios-cristos-marilia-fiorillo/

JONAS, Hans, “A solidão do ser humano: de Pascal a Nietzsche”, in: Princípio vida: fundamentos para uma biologia filosófica. Trad. de Carlos Almeida Pereira. Petrópolis: Vozes, 2004. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/11/04/solidao-ser-humano-pascal-nietzsche-hans-jonas/

LAURENT, Jérôme, “Cioran, Plotino e a gnose”, in TACOU, L.; PIEDNOIR, V. (eds.), Cahier L’Herne Cioran. Paris: L’Herne, 2009. Versão portuguesa (trad. de Rodrigo Menezes): https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/06/01/cioran-plotino-gnose-jerome-laurent/

LELOUP, Jean-Yves, Introdução ao Evangelho de Tomé. In: EVANGELHO DE TOMÉ. Traduzido e comentado por Jean-Yves Leloup. Trad. brasileira de Guilherme João de Freitas Teixeira. Petrópolis: Vozes, 1997. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2018/12/02/evangelho-tome-leloup/

MENEZES, Rodrigo, “A Religião Gnóstica, de Hans Jonas (resenha)”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 29/10/2022.

______________, “Cioran, um autor para crentes e descrentes, místicos e niilistas, para os que creem em tudo e os que não creem em nada” (antologia). In: Portal E.M. Cioran Brasil, 16/08/2022.

______________, “Contra a História: a Odisseia gnóstica de Cioran”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 08/10/2022.

______________, “Do ennui ao êxtase: Cioran e o sentimento religioso da existência”, Portal E.M. Cioran Brasil, 07/02/2022.

______________, “John Gray e o equívoco do gnosticismo”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 06/01/2022.

______________, “Ne te quaesiveris extra: Bloom, Cioran e a autodependência”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 07/02/2022.

______________, “Niilismo, existencialismo e gnosticismo: a hermenêutica existencial de Franco Volpi”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 15/04/2019.

______________, “O Deus exilado: breve história de uma heresia, de Marília Fiorillo (resenha)”. In: REVER – Revista do programa de pós-graduação em Ciências da Religião da PUC-SP, março de 2009.

______________, “O Niilista do Século”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 11/08/2022.

______________, “O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 09/04/2019.

______________, “Um místico sem absoluto: Cioran, l’hérétique, de Patrice Bollon”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 12/04/2019.

______________, “Um ‘ismo’ ocioso: a crítica de Michael Allen Williams ao conceito de gnosticismo”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 20/04/2022.

______________, “Um pensamento religioso heterodoxo (a propósito de Cioran)”. In: Portal E.M. Cioran Brasil, 22/03/2019.

NERY, Renzo, “Gnosticismo e niilismo em Hans Jonas: o pneumáticos gnóstico enquanto primórdio do ‘indivíduo autêntico’ existencialista”. In: intuitio – Revista do PPG em Filosofia da PUC-RS, vol. 8, nº 1, junho de 2015, p. 213-142.

PAGELS, Elaine , “Qual é a ‘verdadeira igreja’?”, in: Os Evangelhos gnósticos. Trad. de Marisa Motta. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/02/20/verdadeira-igreja-elaine-pagels/

RODRIGUES, Elisa, “As escrituras gnósticas e as origens cristãs”, Revista Caminhando, v. 11, n. 1 [17], p. 19-30, 2010 [2ª ed. on-line 2010; 1ª ed. 2006].

ROSA, Armando Nascimento, “Sinais do demiurgo cego em ‘Todos os que caem’, de Samuel Beckett”. Conferência no Teatro Garcia de Resende, em Évora, sessão promovida pelo Cendrev (Centro Dramático de Évora), 15 de novembro de 2002. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2018/10/21/demiurgo-todos-caem-beckett/

SLOTERDIJK, Peter, â€œO prior da Ordem da Santa Temeridade”, Le Magazine Littéraire (dossiê “Cioran. Désespoir, mode d’emploi”), maio de 2011. Versão portuguesa (trad. de Rodrigo Menezes).

______________, “The Selfless Revanchist: a note on Cioran”, in Not Saved: Essays After Heidegger. Transl. by Ian Alexander Moore and Christopher Turner. Cambridge: Polity Press, 2017. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/02/05/selfless-revanchist-peter-sloterdijk/

VASCONCELOS, Thiago, “Hans Jonas e o niilismo gnóstico: a mais radical rebelião contra a physis“. In: Kínesis â€“ Revista de Estudos dos Pós-Graduandos em Filosofia da UNESP Marília, vol. 10, n. 25 (2018).

WILLER, Claudio, “Há poetas gnósticos?”, Revista Terceira Margem, Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura da UFRJ, vol. 19, no. 31, 2015.

WILLIAMS, Michael A., “Ioan P. Culianu’s critique of Voegelin’s paranoia of gnostic ubiquity”, Rethinking Gnosticism: An Argument for Dismantling a Dubious Category. Princeton/New Jersey: Princeton University Press, 1996. Disponível em: https://portalcioranbr.wordpress.com/2022/01/18/culianu-voegelin-paranoia-gnostic-ubiquity/


CONTEÚDO RELACIONADO:

Publicidade

3 comentários em “Minicurso online: “Filosofia, Literatura e Gnose” – Juliano G. PESSANHA & Rodrigo MENEZES”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s