Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

Portal E.M. Cioran Brasil, 7 de junho de 2021[1] Kerstin BORCHHARDT é filósofa e historiadora da arte, doutora em História da Arte pela Universidade Friedrich-Schiller, em Iena, onde obteve bolsas de estudo de importantes instituições como Studienstiftung des deutschen Volkes, Gerda Henkel Stiftung e Fritz Thyssen Stiftung. Lecionou na Universidade de Erfurt de 2013 a… Continue lendo Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

A relação Cioran-Nietzsche & a recepção alemã da obra cioraniana: Tertúlia com Kerstin Borchhardt (11/06/2021)

No mês que vem, 11 junho, o Portal E.M. Cioran Brasil receberá a professora Kerstin Borchhardt, da Universität Siegen, na Alemanha, para uma live tertúlia sobre a — complicada, inquietante — relação histórico-filosófica entre Cioran e Nietzsche. A convidada também colocará em pauta as traduções alemãs dos textos de Cioran, a recepção alemã da obra… Continue lendo A relação Cioran-Nietzsche & a recepção alemã da obra cioraniana: Tertúlia com Kerstin Borchhardt (11/06/2021)

“Der Mensch: ein Rechenfehler der Natur” – Verena von der Heyden-Rynsch

ZEIT ONLINE, 18 Januar 1980 Wiederentdeckt: der Dichter und Theoretiker E. M. Cioran Vor einigen Monaten ist auf dem deutschen Büchermarkt ein Werk erschienen, das vor 25 Jahren erstmals das Licht der deutschen Literaturwelt erblickte und in kürzester Zeit vergriffen war: "Die Lehre vom Zerfall" von E. M. Cioran in der Übersetzung von Paul Celan. (Das… Continue lendo “Der Mensch: ein Rechenfehler der Natur” – Verena von der Heyden-Rynsch

“O prior da Ordem da Santa Temeridade” – Peter SLOTERDIJK

A obra de Cioran pode ser considerada como um conjunto de exercícios, a meio caminho entre ginástica e ascese, experimentando todas as posições do homem sem posição.  Parece-me que a melhor maneira de abordar o fenômeno Cioran é escolher como fios condutores duas proposições de Nietzsche: “Quem se despreza, ainda preza a si mesmo como… Continue lendo “O prior da Ordem da Santa Temeridade” – Peter SLOTERDIJK