“Emil Cioran, o escafandrista do nada” – Pedro MEXIA

Expresso, Portugal, 13 de março de 2021 Ainda que o negrume seja quase idêntico ao dos livros posteriores, o tom poético-diarístico, exaltado e enojado, contrasta com a elegância e a contenção que fariam de Cioran um dos grandes estilistas de língua francesa Emil Cioran não conseguia dormir. Tinha 22 anos, concluíra os estudos universitários em… Continue lendo “Emil Cioran, o escafandrista do nada” – Pedro MEXIA

Publicidade

Colóquio Internacional Fernando Pessoa & Emil Cioran: Pensadores das Margens da Razão e da Civilização

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa, 9 e 10 de Outubro de 2019 Mês que vem, acontecerá em Lisboa um importante colóquio sobre a filiação Fernando Pessoa-Emil Cioran. O Brasil estará muito bem representado por dois importantes filósofos: José Thomaz Brum (PUC-RJ), tradutor e amigo de Cioran, e Fernando Rey Puente (UFMG), autor de Os… Continue lendo Colóquio Internacional Fernando Pessoa & Emil Cioran: Pensadores das Margens da Razão e da Civilização

“Acerca do budismo, Cioran e filosofia ocidental” – Paulo BORGES

CV - Em que medida um melhor conhecimento da filosofia oriental contribui para a transformação da reflexão filosófica da tradição ocidental? No seu caso, como é que o budismo influenciou o estilo de filosofia que pratica? PB - Conhecer as filosofias orientais – muito diversas entre si – é indispensável para conhecer melhor a própria… Continue lendo “Acerca do budismo, Cioran e filosofia ocidental” – Paulo BORGES

“A bicicleta de Cioran” – José Tolentino MENDONÇA

A Revista Expresso, no. 2276, 10/06/16 Entre a serenidade e o sangue, é para o sangue que nos inclinamos. As nossas células viciaram-se na vertigem interminável Uma das coisas que me apaixona na biografia do filósofo E. M. Cioran (1911-1995) é o seu amor por viagens de bicicleta. Percorreu dessa maneira grande parte de França,… Continue lendo “A bicicleta de Cioran” – José Tolentino MENDONÇA