Iluminismo & Romantismo – Harold BLOOM

A NOSSA DEFINIÇÃO CLÁSSICA daquilo que o sublime literário reivindica pode ser encontrada nas sentenças iniciais de The romantic sublime O sublime romântico de Thomas Weiskel: A alegação essencial do sublime é que o homem pode, no sentimento e na linguagem, transcender o humano. O que se encontra além do humano, se é que algo… Continue lendo Iluminismo & Romantismo – Harold BLOOM

Como o “mundo verdadeiro” se tornou finalmente fábula – Friedrich NIETZSCHE

História de um erro O mundo verdadeiro, alcançável para o sábio, o devoto, o virtuoso — ele vive nele, ele é ele.(A mais velha forma da idéia, relativamente sagaz, simples, convincente. Paráfrase da tese: “Eu, Platão, sou a verdade”.) 2. O verdadeiro mundo, inalcançável no momento, mas prometido para o sábio, o devoto, o virtuoso… Continue lendo Como o “mundo verdadeiro” se tornou finalmente fábula – Friedrich NIETZSCHE

“Nihilisme actif et nihilisme passif dans la tradition russe” (Pierre Le Vigan)

PHILITT - Philosophie, Littérature et Cinéma, 8 octobre 2017 Nietzsche a bien montré les deux visages du nihilisme. L’un est le nihilisme passif. Il dévalorise ce qui est, au profit de ce qui « devrait » être. C’est un nihilisme de critique du monde réel. C’est, pour faire court, le nihilisme de Schopenhauer. L’autre nihilisme est ce… Continue lendo “Nihilisme actif et nihilisme passif dans la tradition russe” (Pierre Le Vigan)

Ivan Karamázov e os escrúpulos do niilista

Pois bem, vive o general em sua fazenda de duas mil almas (Assim eram chamados os servos camponeses. (N. do T.)), cheio de arrogância, tratando por cima dos ombros seus vizinhos, pequenos proprietários, como seus parasitas e palhaços. Tem um canil com centenas de cães e quase uma centena de seus cuidadores todos uniformizados, todos… Continue lendo Ivan Karamázov e os escrúpulos do niilista

Aeon Byte Gnostic Radio: “Dealing with Christian superstition” (Robert M. Price)

Superstition is more than just believing in fiction. It’s a dangerous incubator for cognitive dissonance, confirmation bias, and warped perceptual filters. Most of all, superstition cuts us off from experiencing the sublime and engaging in deep introspection. We deal with Christian superstition, from the notions of eternal damnation to the idea of a personal Jesus… Continue lendo Aeon Byte Gnostic Radio: “Dealing with Christian superstition” (Robert M. Price)

“Made, not born” (Adrienne Mayor)

WHO FIRST IMAGINED the concepts of robots, automata, human enhancements, and Artificial Intelligence? Historians tend to trace the idea of the automaton back to the medieval craftsmen who developed self-moving machines. But if we cast our nets back even further, more than two thousand years ago in fact, we will find a remarkable set of… Continue lendo “Made, not born” (Adrienne Mayor)

Cioran e Jonathan Swift (Paolo Vanini)

Os homens se tornam cavalos e os cavalos tomam o lugar dos homens: eis a reviravolta carnavalesca da realidade graças à qual Jonathan Swift confuta a definição filosófica segundo a qual "homo est animale rationale", para demonstrar que na melhor das hipóteses ele é um animal "rationis capax" [capaz de razão]. Todavia, emerge dos contos… Continue lendo Cioran e Jonathan Swift (Paolo Vanini)

“Sobre vantagens e desvantagens” (Dostoiévski)

Mas tudo isto são sonhos dourados. Oh, dizei-me, quem foi o primeiro a declarar, a proclamar que o homem comete ignomínias unicamente por desconhecer os seus reais interesses, e que bastaria instruí-lo, abrir-lhe os olhos para os seus verdadeiros e normais interesses, para que ele imediatamente deixasse de cometer essas ignomínias e se tornasse, no… Continue lendo “Sobre vantagens e desvantagens” (Dostoiévski)

On The Couch With E. M. Cioran – Clancy Martin & Andrew Winer

TIN HOUSE, March 22, 2016 This unlikely conversation took place in Santiago del Cuba. We (Andrew and Clancy) were on vacation with our families in Havana when we were invited by two tarot card readers, bluff cigar-smoking local women who spoke French, to meet a “very old crazy Frenchman who tells prophesies,” and who, according to them,… Continue lendo On The Couch With E. M. Cioran – Clancy Martin & Andrew Winer

Quando a Memória sai de Cena: Mansarda Cioran com Vista para a Morte, de Matéi VISNIEC

RESENHA: Desvãos Cioran ou Mansarda em Paris com Vista para a Morte. São Paulo: É Realizações, 2012. Um passeio por Cioran Certo dia, no início dos anos 1990, Cioran sai da editora Gallimard, de volta para casa, mas se dá conta de ter esquecido o endereço de onde mora. É o Alzheimer insinuando-se sobre ele, precipitando o… Continue lendo Quando a Memória sai de Cena: Mansarda Cioran com Vista para a Morte, de Matéi VISNIEC