„Ispita Cioran” – o autobiografie poetică după viața și opera lui Emil Cioran

„Ispita Cioran” - o autobiografie poetică după viața și opera lui Emil Cioran Cu Mariana Mihu-Plier, Raluca Iani și Marius Turdeanu 𝑆𝑝𝑒𝑐𝑡𝑎𝑐𝑜𝑙-𝑙𝑒𝑐𝑡𝑢𝑟𝑎̆ 𝑐𝑜𝑜𝑟𝑑𝑜𝑛𝑎𝑡 𝑑𝑒 𝑎𝑐𝑡𝑟𝑖𝑡̦𝑎 𝑀𝑎𝑟𝑖𝑎𝑛𝑎 𝑀𝑖ℎ𝑢-𝑃𝑙𝑖𝑒𝑟 https://www.youtube.com/watch?v=DB9PyNCGDNE Carusel de emoții în aprilie pe Scena Digitală! Luna aprilie aduce cu sine două noi producții pe http://www.scena-digitala.ro: „𝐕𝐚𝐫𝐚 𝐢̂𝐧 𝐜𝐚𝐫𝐞 𝐦𝐚𝐦𝐚 𝐚 𝐚𝐯𝐮𝐭 𝐨𝐜𝐡𝐢𝐢 𝐯𝐞𝐫𝐳𝐢”, regia… Continue lendo „Ispita Cioran” – o autobiografie poetică după viața și opera lui Emil Cioran

Who Was The Real King MacBeth? | The Real MacBeth | Timeline

https://www.youtube.com/watch?v=xq75Cl_osxk&t=1088s The real Scottish king Macbeth was a far cry from the great Shakespearean villain, but his story was even more fascinating, presenter Tony Robinson discovers in his continuing series which uncovers the myths behind legendary British heroes. The original and real King Macbeth lived in the 11th century and reigned from 1040 to 1057.… Continue lendo Who Was The Real King MacBeth? | The Real MacBeth | Timeline

“Edward Gordon Craig e o Über-Marionette – A pedagogia da morte do ator e uma interface com o teatro da Índia” – Almir Ribeiro da Silva Filho

Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas, Escola de Comunicação e Artes (ECA), Universidade de São Paulo (USP), 2013 [PDF] Resumo: O Über-marionette é a proposta mais célebre e polêmica de Edward Gordon Craig. Ela parte de uma premissa inicial que sentencia à morte o ator, identificado como um empecilho para o desenvolvimento… Continue lendo “Edward Gordon Craig e o Über-Marionette – A pedagogia da morte do ator e uma interface com o teatro da Índia” – Almir Ribeiro da Silva Filho

“Brecht é discípulo de Piscator”: entrevista de Ionesco ao Jornal do Brasil (1960)

Suplemento dominical do Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 5/6 de novembro de 1960 Nossa entrevista com lonesco — comprimida entre dois encontros do famoso teatrólogo romeno, hoje naturalizado francês — tem lugar no hall do Copacabana Palace. Seu nervosismo e sobretudo o temor de ser massacrado por mais de um jornalista caracterizam os primeiros… Continue lendo “Brecht é discípulo de Piscator”: entrevista de Ionesco ao Jornal do Brasil (1960)

Ionescu e “as cadeiras” – Ştefan BACIU

BUCARESTE, ano de 1934. Eram ainda os tempos felizes, quando centenas e milhares de homens podiam apaixonar-se pelo livro, pelo poesia, esperando com impaciência o resultado de um concurso literário. Colunas e páginas inteiras de jornais e revistas ocupavam -se com a vida das ideias, com os planos das escritores e dos artistas. Tempos de… Continue lendo Ionescu e “as cadeiras” – Ştefan BACIU

“Beyond the Suffering of Being: Desire in Giacomo Leopardi and Samuel Beckett” (Roberta Cauchi-Santoro)

A thesis submitted in partial fulfillment of the requirements for the degree in Doctor of Philosophy, University of West Ontario, 2013 Abstract: In this dissertation, I question critical approaches that argue for Giacomo Leopardi’s and Samuel Beckett’s pessimism and nihilism. Beckett quotes Leopardi when discussing the removal of desire in his monograph Proust, a context… Continue lendo “Beyond the Suffering of Being: Desire in Giacomo Leopardi and Samuel Beckett” (Roberta Cauchi-Santoro)

“Estado de Sítio”, peça de Camus sobre autoritarismo, chega ao Rio com direção de Gabriel Villela (Maria Luísa Barsanelli)

O GLOBO, 01/07/2019 RIO - "Estado de sítio", peça de Albert Camus, é uma fábula sobre o totalitarismo repleta de simbolismos, com elementos da natureza que trazem e levam mazelas. Trata-se de uma alegoria das ditaduras que acometeram a Europa após a Primeira Guerra Mundial, mas os ventos descritos em 1948 pelo autor argelino bem… Continue lendo “Estado de Sítio”, peça de Camus sobre autoritarismo, chega ao Rio com direção de Gabriel Villela (Maria Luísa Barsanelli)

“A liberdade da marionete” – John GRAY

Nos primeiros séculos de nossa era, os gnósticos se opunham aos cristãos. Foram aniquilados, mas podemos imaginar sua possível vitória.Jorge Luis Borges, "Uma defesa de Basilides, o Falso" Um fantoche pode parecer a própria encarnação da falta de liberdade. Seja movido por uma mão oculta ou puxado por cordéis, não tem vontade própria. Seus movimentos… Continue lendo “A liberdade da marionete” – John GRAY

“No tempo dos grandes mamíferos fósseis” – Welington ANDRADE

Revista Cult, 7 de maio de 2016 “Quando sinto que vou vomitar um coelhinho, enfio dois dedos na boca como um alicate aberto e espero até sentir na garganta a penugem morna que sobe como uma efervescência de sal de frutas. Tudo é veloz e higiênico, transcorre num instante brevíssimo”.Julio Cortázar, Carta a uma senhorita… Continue lendo “No tempo dos grandes mamíferos fósseis” – Welington ANDRADE

“Ionesco escrevia contra dogmas” – Nelson ASCHER

Folha de S. Paulo, Caderno Mais!, 3 de abril de 1994 O escritor, morto no dia 28, lega absurdo ao cotidiano NELSON ASCHERESPECIAL PARA A FOLHA Uma aluna chega à casa do professor para sua primeira aula e é recebida pela criada. Ela se comporta como uma jovem normal e o professor, como um velho… Continue lendo “Ionesco escrevia contra dogmas” – Nelson ASCHER