Nietzsche’s case against alcohol | BiøGenesis

Algo que talvez distinga os asiáticos, em relação aos europeus, é o fato de serem capazes de uma mais prolongada e mais profunda calma do que estes; mesmo os seus narcóticos agem lentamente e exigem paciência, ao contrário da repulsiva rapidez do veneno europeu, o álcool.NIETZSCHE https://www.youtube.com/watch?v=2yKvlcKeXYw

The Believing Brain: Evolution, Neuroscience, and the Spiritual Instinct | World Science Festival

God, they say, is in the details. But could God also be in our frontal lobes? Every culture from the dawn of humankind has imagined planes of existence beyond the reach of our senses, spiritual domains that shape our Earthly experiences. Why do beliefs of the fantastic hold such powerful sway over our species? Is… Continue lendo The Believing Brain: Evolution, Neuroscience, and the Spiritual Instinct | World Science Festival

“Melancolia, uma constante ocidental?” – Luiz Costa Lima

Primeira parte: esboço de uma história multissecular A intuição ordinária declara: porque não somos bastante espertos, costuma haver um descompasso entre o tempo em que deveria realizar-se uma certa experiência e seu efetivo cumprimento. Dito de maneira mais precisa: o mecanismo da vida humana costuma supor o desacerto entre a meta e o tempo de… Continue lendo “Melancolia, uma constante ocidental?” – Luiz Costa Lima

“Do Eros criador aos ‘Funerais do Desejo’: Amor, Êxtase e (Des)Ilusão em Cioran” – Juan Pablo Enos 🇧🇷

https://youtu.be/Hodq_1OFY0g A fecundidade do amor bem como as tragédias relativas aos efeitos de Eros são temas recorrentes ao longo da obra de Cioran. Nesta comunicação, apresentarei alguns dos trechos em que o amor, seja em seus aspectos fisiológicos, éticos e estéticos são abordados na obra do autor. Desde o ensaio de juventude “Ser Lírico”, onde… Continue lendo “Do Eros criador aos ‘Funerais do Desejo’: Amor, Êxtase e (Des)Ilusão em Cioran” – Juan Pablo Enos 🇧🇷

“A lição da nostalgia: a invenção de uma doença” – Jean STAROBINSKI

A história dos sentimentos e das “mentalidades” levanta uma questão de método, que tem a ver com a relação entre os sentimentos e a linguagem. Os sentimentos cuja história queremos retraçar só nos são acessíveis a partir do momento em que se manifestaram, verbalmente ou por qualquer outro meio expressivo. Para o crítico, para o… Continue lendo “A lição da nostalgia: a invenção de uma doença” – Jean STAROBINSKI

Lucidez e/é Enfermidade: Cioran e o paradoxo entre saúde e conhecimento de si

O conhecimento de si, o mais amargo de todos, é também aquele que menos cultivamos: para quê surpreendermo-nos de manhã à noite em flagrante delito de ilusão, regressar impiedosamente à raiz de cada acto, e perder causa atrás de causa diante do nosso próprio tribunal?Do inconveniente de ter nascido (1973) A doença é uma realidade… Continue lendo Lucidez e/é Enfermidade: Cioran e o paradoxo entre saúde e conhecimento de si

“Você é o que você come”: Cioran e a gula livresca

Quem me curará da minha terrível Bildungstrieb1? Meu amor pelos livros, a necessidade que tenho de me 'cultivar', a sede de aprender, de colecionar, de saber, de acumular bagatelas sobre todas as coisas — responsabilizar a quem? Prefiro, por razões de comodidade, colocar esses defeitos na conta de minhas origens: oriundo de uma nação onde… Continue lendo “Você é o que você come”: Cioran e a gula livresca

“Cosmogonia de Delirium Tremens” e a Patogênese do Humano: Duas Alegorias Gnósticas

Dir-se-ia que cabe aos doentes revelar-nos a irrealidade dos sentimentos puros, que essa é sua missão e o sentido de suas provações. Nada mais natural, pois neles se concentram e se exacerbam as taras de nossa raça. Depois de haver peregrinado através das espécies, e lutado com maior ou menor êxito para nelas imprimir sua… Continue lendo “Cosmogonia de Delirium Tremens” e a Patogênese do Humano: Duas Alegorias Gnósticas

“Niilismo e Ressentimento” – Antônio Edmilson Paschoal / Eli Vagner Francisco Rodrigues

https://www.youtube.com/watch?v=COTwH8Egubk Mesa de abertura do V Colóquio Internacional Nietzsche. O tema da mesa foi "Niilismo e Ressentimento". Abertura:Dr. Oswaldo Giacoia Junior (Unicamp) Expositores:Dr. Antônio Edmilson Paschoal (PUC-PR)Dr. Eli Vagner Francisco Rodrigues (Unesp-Bauru) O V Colóquio Internacional Nietzsche ocorreu entre os dias 16 e 17 de outubro de 2013 no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas… Continue lendo “Niilismo e Ressentimento” – Antônio Edmilson Paschoal / Eli Vagner Francisco Rodrigues

“Pascal e Nietzsche” (José Thomaz Brum)

Cadernos Nietzsche, nr. 8, p. 35-41, 2000 Resumo: Este artigo procura estudar a presença do filósofo francês Blaise Pascal (1623-1662) na obra de Nietzsche e propõe uma comparação entre os dois pensadores, na qual o estilo aforístico e as questões que dizem respeito ao cristianismo são pontos essenciais.Palavras-chave: Pascal/Nietzsche – cristianismo – aforismo –ascetismo. "Os… Continue lendo “Pascal e Nietzsche” (José Thomaz Brum)