“O experimentalismo contra os idealismos nos escritos intermediĂĄrios de Nietzsche” – Jelson Roberto de OLIVEIRA

PrincĂ­pios, UFRN, v. 16, n. 26, jul/dez 2009, p. 149-166 Resumo: Pretende-se nesse artigo demonstrar como o chamado experimentalismo se apresenta, nas obras do segundo perĂ­odo da produção nietzscheana (1878-1882), enquanto estratĂ©gia de combate aos “idealismos” (cujo resultado foi um distanciamento daquilo que Nietzsche compreende como vida) presentes na filosofia metafĂ­sica. AlĂ©m disso, intenta-se esclarecer… Continue lendo “O experimentalismo contra os idealismos nos escritos intermediĂĄrios de Nietzsche” – Jelson Roberto de OLIVEIRA

Publicidade

Sobre saĂșde e doença na Gaia CiĂȘncia (prĂłlogo) – NIETZSCHE

1. Talvez nĂŁo baste somente um prĂłlogo para este livro; e, afinal, restaria sempre a dĂșvida de que alguĂ©m que nĂŁo tenha vivido algo semelhante possa familiarizar-se com a vivĂȘncia deste livro mediante prĂłlogos. Ele parece escrito na linguagem do vento que dissolve a neve: nele hĂĄ petulĂąncia, inquietude, contradição, atmosfera de abril, de maneira… Continue lendo Sobre saĂșde e doença na Gaia CiĂȘncia (prĂłlogo) – NIETZSCHE

“Sobre a morte” – CIORAN

Certos problemas, uma vez aprofundados, isolam-nos na vida, esvaziam-nos de tudo: entĂŁo nĂŁo temos mais nada a perder ou a ganhar. A aventura espiritual ou a projeção indefinida em direção Ă s formas mĂșltiplas da vida, a tentação de uma realidade inacessĂ­vel nĂŁo sĂŁo mais do que simples manifestaçÔes de uma sensibilidade exuberante, privada da seriedade… Continue lendo “Sobre a morte” – CIORAN

ColetĂąnea “Literatura & SuicĂ­dio” – FECILCAM (2020)

Organizadores: por Willian AndrĂ©, Lara Luiza Oliveira Amaral e Gabriel Pinezi (Campo MourĂŁo, FECILCAM, 2020). [PDF] Caro leitor, O presente e-book dĂĄ continuidade a uma sĂ©rie de iniciativas que temos fomentado com o intuito de consolidar os estudos brasileiros sobre o suicĂ­dio na literatura. Tanto no Brasil quanto em outros paĂ­ses, sempre foram realizadas pesquisas… Continue lendo ColetĂąnea “Literatura & SuicĂ­dio” – FECILCAM (2020)

Nietzsche’s case against alcohol | BiĂžGenesis

Algo que talvez distinga os asiĂĄticos, em relação aos europeus, Ă© o fato de serem capazes de uma mais prolongada e mais profunda calma do que estes; mesmo os seus narcĂłticos agem lentamente e exigem paciĂȘncia, ao contrĂĄrio da repulsiva rapidez do veneno europeu, o ĂĄlcool.NIETZSCHE https://www.youtube.com/watch?v=2yKvlcKeXYw

Schopenhauer, el pecado original y el pelagianismo de los filĂłsofos | Parerga y Paralipomena

Todo presunto proceder sin supuestos en la filosofĂ­a es una fanfarronada: pues siempre hay que tomar algo como dado para partir de ello. Esto es, en concreto, lo que significa el Ύόϛ ÎŒÎżÎč Ï€ÎżáżŠ ÏƒÏ„áż¶1 que constituye la condiciĂłn indispensable de toda actividad humana, tambiĂ©n del filosofar; porque en lo intelectual no podemos flotar en… Continue lendo Schopenhauer, el pecado original y el pelagianismo de los filĂłsofos | Parerga y Paralipomena

“Um exĂ­lio melancĂłlico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | UniversitĂ  di Trento 🇼đŸ‡č

https://www.youtube.com/watch?v=e_sMR4V46xM Texto apresentado no Ăąmbito do ColĂłquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran (15/10/2021). Um exĂ­lio melancĂłlico: Cioran, Pessoa e a nostalgia[1], de Paolo Vanini[2] Resumo: Este artigo visa investigar a relação entre nostalgia, solidĂŁo e ceticismo no pensamento de Emil Cioran. Em primeiro lugar, examinaremos como os conceitos de Sehnsucht, Saudade e Dor… Continue lendo “Um exĂ­lio melancĂłlico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | UniversitĂ  di Trento đŸ‡źđŸ‡č

InfluĂȘncia como Dis-Astrum, Melancolia e “Inferno Astral”

NĂŁo hĂĄ fim para a “influĂȘncia”, palavra que Shakespeare usou em dois sentidos diferentes mas relacionados. Pouco antes da segunda entrada do Espectro, na primeira cena de Hamlet, o erudito Horatio evoca o mundo de JĂșlio CĂ©sar de Shakespeare, onde: Pouco antes de tombar o poderosĂ­ssimo JĂșlio,As tumbas estavam desabitadas e os cadĂĄveres amortalhadosGuinchavam e… Continue lendo InfluĂȘncia como Dis-Astrum, Melancolia e “Inferno Astral”

Aforismos temĂĄticos: Nietzsche na obra de Cioran

Por ocasiĂŁo da prĂłxima live tertĂșlia — Cioran, leitor de Nietzsche — reunimos as ocorrĂȘncias de Nietzsche na obra de Cioran, desde seus primeiros textos em lĂ­ngua romena atĂ© os escritos franceses. Uma visĂŁo sinĂłptica das impressĂ”es causadas no autor romeno — ao longo do tempo, livro apĂłs livro — pelo filĂłsofo alemĂŁo, e das… Continue lendo Aforismos temĂĄticos: Nietzsche na obra de Cioran

“A esperança e o absurdo na obra de Franz Kafka” – Albert CAMUS

O estudo sobre Franz Kafka que publicamos em apĂȘndice foi substituĂ­do na primeira edição de O mito de SĂ­sifo pelo capĂ­tulo sobre DostoiĂ©vski e o suicĂ­dio. PorĂ©m foi publicado pela revista L’ArbalĂšte em 1943. Nele se encontrarĂĄ, em outra perspectiva, a crĂ­tica da criação absurda jĂĄ iniciada nas pĂĄginas sobre DostoiĂ©vski. (Nota do editor francĂȘs.)… Continue lendo “A esperança e o absurdo na obra de Franz Kafka” – Albert CAMUS