“Colloquio Internazionale Liliana Herrera intorno a Cioran: un evento accademico online” – Rodrigo MENEZES

Orizzonti Culturali Italo-Romeni, n. 11, novembre 2021, anno XI Il Colloquio Internazionale Liliana Herrera intorno a Cioran, che ha avuto luogo dal 2 al 16 ottobre 2021, è un evento accademico e transdisciplinare, interamente online e a carattere sperimentale, che è decollato in meno di due mesi. Per la prima volta su YouTube, il Colloquio è… Continue lendo “Colloquio Internazionale Liliana Herrera intorno a Cioran: un evento accademico online” – Rodrigo MENEZES

O meu encontro com o antiprofeta. Cioran na Itália – Vincenzo FIORE 🇮🇹

Texto da conferência realizada no Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran (16/10/2021). Trad. de Rodrigo Menezes. https://www.youtube.com/watch?v=ii4O5iDuaP4 Descobri Cioran quando ainda era estudante do ensino secundário. Eu tinha passado um ano inteiro lendo Nietzsche, que tinha me ajudado a superar uma grande dor. Um dia, deparei-me acidentalmente com um aforismo do pensador romeno,… Continue lendo O meu encontro com o antiprofeta. Cioran na Itália – Vincenzo FIORE 🇮🇹

“Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | Università di Trento 🇮🇹

https://www.youtube.com/watch?v=e_sMR4V46xM Texto apresentado no âmbito do Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran (15/10/2021). Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia[1], de Paolo Vanini[2] Resumo: Este artigo visa investigar a relação entre nostalgia, solidão e ceticismo no pensamento de Emil Cioran. Em primeiro lugar, examinaremos como os conceitos de Sehnsucht, Saudade e Dor… Continue lendo “Um exílio melancólico: Cioran, Pessoa e a nostalgia” – Paolo VANINI | Università di Trento 🇮🇹

E.M. Cioran, Jonathan Swift e o “grotesco cor-de-rosa”: entrevista com Paolo Vanini 🇮🇹

Paolo Vanini é professor adjunto de história da filosofia na Universidade de Trento, onde também integra um projeto de pesquisa dedicado a Cioran. Atualmente se ocupa da relação entre utopia, ceticismo e humorismo entre o Renascimento e o século XX. Tem publicado artigos sobre autores como Thomas Morus, Erasmo de Rotterdam, Jonathan Swift, Pirandello e… Continue lendo E.M. Cioran, Jonathan Swift e o “grotesco cor-de-rosa”: entrevista com Paolo Vanini 🇮🇹

Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran | Programação

O Portal E.M. Cioran tem a honra de anunciar o Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran, um evento acadêmico transdisciplinar, colaborativo e independente que acontecerá entre 2 e 16 de outubro. Um evento 100% on-line, pela primeira vez no YouTube, tendo como objeto privilegiado a obra de Emil Cioran, em diálogo com outros… Continue lendo Colóquio Internacional Liliana Herrera em torno de Cioran | Programação

Colóquio Internacional Liliana Herrera – em torno de Cioran

"O verdadeiro contato entre os seres se estabelece na presença muda, na aparente não-comunicação, no intercâmbio misterioso e sem palavras que se assemelha à oração interior." ~ E. M. Cioran Temos a honra de anunciar o Colóquio Liliana Herrera - em torno de Cioran, a ser realizado nas duas primeiras semanas de outubro de 2021.… Continue lendo Colóquio Internacional Liliana Herrera – em torno de Cioran

“Cioran, leitor de Nietzsche” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

CARANNANTE, Irma; ROTIROTI, Giovanni; VĂLCAN, Ciprian (orgs), Emil Cioran - Zile de Studiu la Napoli / Giornate di studio a Napoli. Timişoara : Editura Universităţii de Vest, 2021. [PDF] Trata-se de tematizar a maneira como Nietzsche é recebido e apropriado pelo pensador romeno de expressão francesa, submetendo-se ao seu próprio “filtro seletivo”. As mais apaixonadas… Continue lendo “Cioran, leitor de Nietzsche” – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

“O paradoxo do ateu-crente. Vinte e cinco anos da morte do filósofo romeno Emil Cioran” (Gabriele Nicolo)

INSTITUTO HUMANITAS UNISINOS, 18 de junho de 2020 "O paradoxo informa e permeia o pensamento de Cioran. É desarmante a leitura que ele oferece do suicídio, entendido não como uma expressão extrema de desespero, mas, ao contrário, uma ferramenta que permite a vida. Isso é possível na medida em que a existência é percebida como… Continue lendo “O paradoxo do ateu-crente. Vinte e cinco anos da morte do filósofo romeno Emil Cioran” (Gabriele Nicolo)

“Mario Andrea Rigoni, Il pensiero di Leopardi, nuova edizione accresciuta” (Francesco De Martino)

Appunti Leopardiani - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) L’importante volume di Mario Andrea Rigoni è ripubblicato in un’elegante edizione, ulteriormente accresciuta rispetto alle precedentie da ritenersi, credo, definitiva. Questa edizione giunge infatti dopo varie ristampe, accrescimenti e cambi di titoli: l’originaria risale al 1982 (Padova, Cleup) con il titolo Saggi sul pensiero leopardiano; titolo rimasto… Continue lendo “Mario Andrea Rigoni, Il pensiero di Leopardi, nuova edizione accresciuta” (Francesco De Martino)

“La storia della ricezione brasiliana di Cioran: 1949-1950” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

Il contributo dello studioso Rodrigo Inácio R. Sá Menezes [1] traccia la storia della ricezione dell’opera di Cioran in Brasile, dalla sua prima menzione giornalistica, agli inizi del 1949. Vengono presi in esame i riferimenti a Cioran nei giornali brasiliani prima della consegna del Premio Rivarol e della pubblicazione di Précis de décomposition, presso Gallimard, e… Continue lendo “La storia della ricezione brasiliana di Cioran: 1949-1950” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)