Comentarios al libro “Influencias culturales francesas y alemanas en la obra de Cioran” de Ciprian Vălcan – Francisco Pamplona RANGEL

FILHA - Revista Digital de la Unidad Académica de Docencia Superior, Universidad Autónoma de Zacatecas, Julio-diciembre 2022, número 27. ISSN: 2594-0449. La obra del rumano-francés Emil Cioran o como lo conocimos en español hace más de 40 años E. M. Cioran, es una de las más elusivas y más lúcidas en la historia del pensamiento del… Continue lendo Comentarios al libro “Influencias culturales francesas y alemanas en la obra de Cioran” de Ciprian Vălcan – Francisco Pamplona RANGEL

“As velhinhas e o diabo: aforismos para tempos que esperam pelo despertar da história” – Rodrigo MENEZES

Revista Humanitas, 154, agosto de 2022 O que pareceria uma associação improvável, representada no título do novo livro de Ciprian Vălcan, revela-se, através dos aforismos do autor romeno, a metáfora de uma terrível “afinidade eletiva” Things are gonna slidein all directionsWon’t be nothing, nothingyou can measure anymoreAnd the blizzard of the worldhas crossed the thresholdand… Continue lendo “As velhinhas e o diabo: aforismos para tempos que esperam pelo despertar da história” – Rodrigo MENEZES

“Breviário de Decomposição (1949): livro perigoso e essencial” – Rodrigo MENEZES

Ter um Cioran em casa é a antítese de ter uma arma de fogo. No caso de possuir as duas coisas juntas, se o leitor pegasse o livro em vez do revólver, perderia toda motivação de usar o revólver, contra si mesmo ou contra outrem: é um dispositivo de segurança contra tragédias (que se aproveitam… Continue lendo “Breviário de Decomposição (1949): livro perigoso e essencial” – Rodrigo MENEZES

“Leastness: The Essence of Samuel Beckett” – George STEINER

The New Yorker, September 8, 1996 Can biography elucidate Samuel Beckett’s austere art? The fire caught in 1945, after Samuel Beckett’s grim experiences, first in the French Resistance and in hiding, then as a medical orderly at Saint-Lô. Very much in the manner of Dante, his guardian spirit, Beckett was lit by a vision. “Krapp’s… Continue lendo “Leastness: The Essence of Samuel Beckett” – George STEINER

“Is Starvation a Performing Art?” – Shoma A. CHATTERJI

The Citizen, India, 21 April, 2022 Hunger wears many faces and the variety and versatility of hunger is as incredible as it is voluminous. The word “hunger” immediately links us to biological and physical hunger for food which is a real problem for millions of people across the world. But there is a strong emotional… Continue lendo “Is Starvation a Performing Art?” – Shoma A. CHATTERJI

“«O Livro das Ilusões», de Cioran, lido por Mihail Sebastian: o estranho caso do «convalescente que aspira à doença»” – Rodrigo MENEZES

De suas primeiras obras, ainda mal conhecidas entre nós, sublinho O livro das ilusões (Cartea amăgirilor), a que daria o subtítulo de um de seus capítulos: Mozart e a melancolia dos anjos. Considero aquelas páginas uma fantasia para cordas, como se fosse o primo consanguíneo de A origem da tragédia, nas grandes linhas melódicas que unem e separam as… Continue lendo “«O Livro das Ilusões», de Cioran, lido por Mihail Sebastian: o estranho caso do «convalescente que aspira à doença»” – Rodrigo MENEZES

“Wuthering Heights”: o romance gótico que inspirou canções de Kate Bush e Genesis | O Jardim Sonoro

Você acorda do meio de uma noite fria com batidas na sua janela e, quando a abre, há uma mulher com a mão gelada pedindo pra entrar. Seria uma assombração? Essa é a história que inspirou as músicas da Kate Bush e do Genesis, além da poderosa versão do Angra. Conheça essa história macabra retirada… Continue lendo “Wuthering Heights”: o romance gótico que inspirou canções de Kate Bush e Genesis | O Jardim Sonoro

“High Castle Teleorkestra: um grupo musical insólito, diferente de tudo o que você já ouviu (e imaginou)” – Rodrigo MENEZES

Insólito designa, segundo a etimologia, tudo o que é inusual e foge ao ordinário. [...] A palavra mesma me diz ao mesmo tempo mais e menos: sugere algo raro, com efeito, mas de uma rareza especial e incisiva que não se resume a uma simples mediana na avaliação estatística da frequência dos seres. [...] Após… Continue lendo “High Castle Teleorkestra: um grupo musical insólito, diferente de tudo o que você já ouviu (e imaginou)” – Rodrigo MENEZES

“Babele și diavolul: aforisme împotriva somnambulismului istoriei” – Rodrigo MENEZES

ARCA - Revistă lunară de literatură, eseu, arte vizuale, muzică, 2/2022 Dacă fiecare ar fi „înțeles”, istoria ar fi încetat de multă vreme. Numai că sîntem cu desăvîrșire, sîntem biologic inapți "să înțelegem" . Și chiar dacă ar fi înțeles toți, în afară de unul, istoria s-ar perpetua, din pricina lui, din cauza încăpățînării lui. Din pricina unei… Continue lendo “Babele și diavolul: aforisme împotriva somnambulismului istoriei” – Rodrigo MENEZES

“Emil Cioran, o escafandrista do nada” – Pedro MEXIA

Expresso, Portugal, 13 de março de 2021 Ainda que o negrume seja quase idêntico ao dos livros posteriores, o tom poético-diarístico, exaltado e enojado, contrasta com a elegância e a contenção que fariam de Cioran um dos grandes estilistas de língua francesa Emil Cioran não conseguia dormir. Tinha 22 anos, concluíra os estudos universitários em… Continue lendo “Emil Cioran, o escafandrista do nada” – Pedro MEXIA