“Sobre a morte” – CIORAN

Certos problemas, uma vez aprofundados, isolam-nos na vida, esvaziam-nos de tudo: então não temos mais nada a perder ou a ganhar. A aventura espiritual ou a projeção indefinida em direção às formas múltiplas da vida, a tentação de uma realidade inacessível não são mais do que simples manifestações de uma sensibilidade exuberante, privada da seriedade… Continue lendo “Sobre a morte” – CIORAN

“Veias carregadas de noites: morte, agonia e pensamento orgânico em Emil Cioran” – Antônio Carlos L. GARCIA JÚNIOR

Trabalho de conclusão de graduação (licenciatura em Filosofia), Centro Universitário Claretiano, Batatais, SP, 2014. Orientador: Prof. Dr. Edson Renato Nardi Resumo: Emil Cioran (1911-1995) legou obras dotadas de uma linguagem poética e altamente cáustica que dá forma ao seu pensamento trágico e corrosivamente pessimista. Contrário aos academicismos, sistemas filosóficos tradicionais e adepto da reflexão enquanto… Continue lendo “Veias carregadas de noites: morte, agonia e pensamento orgânico em Emil Cioran” – Antônio Carlos L. GARCIA JÚNIOR