De Profundis e Oscar Wilde: a pessoa, o escritor e o inscritor na autoria e o texto como gestão do contexto (Kelen Rodrigues)

Revista de Estudos da Linguagem, UFMG, vol. 24, n. 2, 2016. Resumo: A concepção de autoria assumida fundamenta-se na proposta de Dominique Maingueneau (2006) porque ela permite mostrar a autoria como um funcionamento entrelaçado de instâncias autorias. O que está no texto de um autor, neste caso, em Oscar Wilde, diz respeito à pessoa de Wilde, tem… Continue lendo De Profundis e Oscar Wilde: a pessoa, o escritor e o inscritor na autoria e o texto como gestão do contexto (Kelen Rodrigues)