Cioran segundo Sergio Givone (26/06/1995)

https://www.youtube.com/watch?v=XXaHpv3Ri2k Sergio Givone (1944-) é um dos mais importantes filósofos italianos do século XX, em plena atividade. Foi aluno de Luigi Pareyson. Em 2016, veio ao Brasil dar uma conferência na PUC-SP sobre um de seus temas privilegiados: "Filosofia e narratividade". Sua obra filosófica se concentra em temas contemporâneos como existencialismo, niilismo, pessimismo, ateísmo e… Continue lendo Cioran segundo Sergio Givone (26/06/1995)

“O pensador de ocasião” – E.M. CIORAN

Há um duplo sentido implícito na fórmula: "Pensador de ocasião" tanto no sentido de não sê-lo por profissão ou por qualquer formalidade exterior, senão ocasionalmente, por acidente, ao ritmo de seus padecimentos e de suas tristezas, como também no sentido da expressão idiomática francesa que significa "usado", "de segunda mão", como os livros vendidos e… Continue lendo “O pensador de ocasião” – E.M. CIORAN

Kierkegaard, precursor do “Antifilósofo” cioraniano

O prefácio de O Desespero Humano (1849) é bastante elucidativo da problemática existencial -- e religiosa -- colocada pelo pensamento kierkegaardiano, e também da sua divisa intelectual existencial-religiosa em oposição ao "totalitarismo" racionalista do Espírito absoluto hegeliano. "O professor, o mestre de estudos, o estudante e enfim o filósofo, amador ou formado não ficam na… Continue lendo Kierkegaard, precursor do “Antifilósofo” cioraniano

“La última revelación de Cioran” (Abel Posse)

EL TIEMPO, 13 de julio 1995 Después de muchas horas de lectura y de algunos diálogos con Emile Cioran, me preguntó cuál es el secreto de su atracción intelectual. Más que un filósofo importante era Cioran un desacorde fascinante. Una figura contra-cultural. Aparentemente su negación de la filosofía académica y su defensa de un pensamiento… Continue lendo “La última revelación de Cioran” (Abel Posse)