“Richard Rorty e a filosofia sem fundamentos” – Edna Magalhães do NASCIMENTO

Cognitio-Estudos - Revista eletrônica de filosofia, v. 17 n. 1 (2020) Resumo: O objetivo deste trabalho consiste em compreender a reflexão desenvolvida por Rorty acerca de uma filosofia sem fundamentos. A obra de Rorty foi caracterizada por muitos de seus estudiosos como tendo um eixo duplo de propósitos que combina: primeiro, uma tarefa crítica de… Continue lendo “Richard Rorty e a filosofia sem fundamentos” – Edna Magalhães do NASCIMENTO

“Cioran: ilusões, essências, desilusões” – Rodrigo MENEZES

Enquanto permanece enfeitiçado e apaixonado pelas Ilusões em sua juventude, Cioran evoca, em oposição àquelas, as Essências, dando indícios de querer pensar metafisicamente uma Alma imortal (substancial, essencial, “divina”), assim como "Deus", "eternidade", "absoluto". A oposição platônica entre Ilusões e Essências, no Livro das Ilusões, revela um Cioran ainda incapaz de tirar as últimas consequências… Continue lendo “Cioran: ilusões, essências, desilusões” – Rodrigo MENEZES

“Emil Cioran: a deconstructive philosophy” (Angela Botez)

COGITO - Multidisciplinary Research Journal (Bucharest), vol. III, no. 4/december, 2011 Abstract: For Cioran, expressing (something, someone) is the same with a postponed ripost or an aggression left for lateron and his writing is a solution, not to act, to avoid a crisis. His indignation is not as much a moral outset, as it is a literary… Continue lendo “Emil Cioran: a deconstructive philosophy” (Angela Botez)