“O que a religião não é” – John GRAY

A ideia de que a religião é uma questão de crença é uma concepção estreita. Em que Homero "acreditava"? Ou os autores do Mahabharata? O conjunto de tradições a que os estudos ocidentais se referem como "hinduísmo" não apresenta qualquer credo predeterminado, como tampouco a mistura de religião popular e misticismo a que os mesmos… Continue lendo “O que a religião não é” – John GRAY

“Elementos para uma Teoria da Consciência Apofática” – Luiz Felipe PONDÉ

REVER - Revista de Estudos da Religião, Nº 4 / 2003 / pp. 74-92 Resumo: Partindo de uma discussão epistemológica geral, que se move por um cenário pragmático e evolucionista, a intenção do artigo é discutir a conceito de consciência apofática na tradição teológica negativa cristã, defendendo a idéia de que o discurso místico em… Continue lendo “Elementos para uma Teoria da Consciência Apofática” – Luiz Felipe PONDÉ

“Du Moi comme apophatisme: Maurice Barrès, Emil Cioran, Philippe Muray” (David Paigneau)

Anales de Filología Francesa, n.º 27, 2019 Abstract: In the theological field, the term apophatism refers to a negative approach of defining God by what he is not rather than by what he is. This way of thinking can be applied to the definition of the writer’s Me as it appears in the literary works,… Continue lendo “Du Moi comme apophatisme: Maurice Barrès, Emil Cioran, Philippe Muray” (David Paigneau)

“Êxtase, não-saber e experiências interiores: um diálogo inaudito entre Cioran e Bataille” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

Conhece-se um autor ou uma autora não apenas pela leitura da sua obra, também -- indiretamente, por uma espécie de détour -- pela maneira como ele ou ela se insere no seu contexto histórico e sócio-cultural, o qual pode ser delimitado de forma mais ou menos ampla (uma tribo, um país, um continente, um planeta),… Continue lendo “Êxtase, não-saber e experiências interiores: um diálogo inaudito entre Cioran e Bataille” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Cioran et le Dieu des paradoxes” (Nicolae Turcan)

Paru dans Alkemie - Revue semestrielle de littérature et philosophie, numéro 6, décembre 2010 (« Cioran ») Abstract: Paradox is a question of major importance for Cioran’s philosophical style. When referring to God, paradoxes gain similar values with the dogmatical antinomies as they are understood in the theology of apophasis of the Eastern Church : they become bridges… Continue lendo “Cioran et le Dieu des paradoxes” (Nicolae Turcan)