O mundo de ontem, o mundo de hoje – Stefan ZWEIG

A bem da verdade, admito que havia algo de grandioso, arrebatador e até de sedutor nesse primeiro movimento das massas, a que dificilmente alguém escapava. E, apesar de todo o ódio e toda a aversão à guerra, eu não gostaria que faltasse na minha vida a lembrança desses primeiros dias. Como nunca antes, milhares, centenas… Continue lendo O mundo de ontem, o mundo de hoje – Stefan ZWEIG

Publicidade