Dossiê: “Existencialismo” | Revista Dialectus (UFC)

É com grande satisfação que a Revista Dialectus traz a público seu vigésimo sétimo número, composto pelo Dossiê Existencialismo: fontes, diálogos e repercussões. Passaram-se mais de sessenta anos desde a morte de pensadores de notável calibre como Albert Camus e Maurice Merleau-Ponty, e quase quarenta anos desde a morte dos gigantes intelectuais Jean-PaulSartre e Simone… Continue lendo Dossiê: “Existencialismo” | Revista Dialectus (UFC)

Publicidade

“Traços gnósticos na Modernidade filosófica e literária: Cioran, Camus, Bloom” – Rodrigo MENEZES

Dossiê temático do minicurso on-line Filosofia, Literatura e Gnose, ministrado por Juliano Garcia Pessanha e Rodrigo Inácio R. Sá Menezes. São Paulo, Brasil, novembro/dezembro de 2022. “I think there may be something wrong with this world.Either that or there’s something wrong with me”.[1] DOLORES (personagem androide da série Westworld) “Life’s but a walking shadow, a… Continue lendo “Traços gnósticos na Modernidade filosófica e literária: Cioran, Camus, Bloom” – Rodrigo MENEZES

Filosofia, Literatura e Religião, Existencialismo, Niilismo e Gnose | Minicurso on-line

Se você é docente ou estudante de Filosofia, Letras, Psicologia e outras áreas do saber, ou se simplesmente se interessa por este leque temático, este minicurso é pra você. https://www.youtube.com/watch?v=8zXArsNyLdE Este minicurso online se propõe a apresentar algumas das principais vozes filosóficas e literárias do século 20 que orbitam em torno da tríplice temática: gnose,… Continue lendo Filosofia, Literatura e Religião, Existencialismo, Niilismo e Gnose | Minicurso on-line

Minicurso online: “Filosofia, Literatura e Gnose” – Juliano G. PESSANHA & Rodrigo MENEZES

Uma convite à reflexão sobre as encruzilhadas e impasses existenciais do mundo moderno, os abismos e cumes, desertos e oceanos da existência humana. Hoje e sempre. DESCRIÇÃO: Este minicurso online se propõe a apresentar algumas das principais vozes filosóficas e literárias do século 20 que orbitam em torno da tríplice temática: gnose, existencialismo e niilismo.… Continue lendo Minicurso online: “Filosofia, Literatura e Gnose” – Juliano G. PESSANHA & Rodrigo MENEZES

“Brasil, Disneylândia do nazismo” – Michel GHERMAN

Os homens de ação, quando não têm fé, só acreditam no movimento da ação. O paradoxo insustentável de Hitler foi justamente querer fundar uma ordem estável baseada em um movimento perpétuo e uma negação. A verdadeira lógica desse dinamismo era a derrota total ou, de conquista em conquista, de inimigo em inimigo, o estabelecimento do… Continue lendo “Brasil, Disneylândia do nazismo” – Michel GHERMAN

Idolatria bolsominion é psicose coletiva | Portal E.M. Cioran News

Uma tragicomédia do absurdo, digna de um Ionesco. Como estudo de caso para sociólogos, antropólogos, neurocientistas e psiquiatras, é um prato cheio. "Brasil paralelo" não é uma metáfora. Já é um clássico do grotesco, atemporal. https://www.youtube.com/watch?v=g1VtCpJVcbY Idolatria bolsonarista assusta população: análise de Aquias Santarém e Altamiro Borges (2 de novembro de 2022). https://www.youtube.com/watch?v=m6ub1PFUdKQ Petista infiltrado… Continue lendo Idolatria bolsominion é psicose coletiva | Portal E.M. Cioran News

Silêncio do (ex-)presidente é ação orquestrada para golpe, explica especialista em extrema direita | Portal E.M. Cioran News (1/11/22)

Como escreveu sabiamente Cioran, "só uma coisa importa: aprender a ser perdedor". Da respectiva incapacidade resultam muitos males, para o perdedor e, no limite, para todo o mundo. Hitler não sabia perder (as ideias de derrota e abdicação simplesmente não existiam na mente dele), como argumenta Camus em seu primoroso (e tão atual) ensaio O… Continue lendo Silêncio do (ex-)presidente é ação orquestrada para golpe, explica especialista em extrema direita | Portal E.M. Cioran News (1/11/22)

“O terrorismo de Estado” – CAMUS

Todas as revoluções modernas resultaram num fortalecimento do Estado. 1789 traz Napoleão; 1848, Napoleão III; 1917, Stalin; os distúrbios italianos da década de 1920, Mussolini; a república de Weimar, Hitler. Essas revoluções, sobretudo depois que a Primeira Guerra Mundial liquidou os vestígios do direito divino, propuseram, entretanto, com uma audácia cada vez maior, a construção… Continue lendo “O terrorismo de Estado” – CAMUS

“Albert Camus: existência, absurdo e responsabilidade” – Maurício MARSOLA

A obra de Albert Camus, romancista, dramaturgo, ensaísta e filósofo franco-argelino, é tradicionalmente associada ao existencialismo. Mais especificamente, os leitores de Camus sabemos todos que o autor nos legou importantes reflexões acerca do "absurdo" da existência humana. Mas afinal, qual é o significado dessa reflexão? De que modo o autor de romances seminais como O… Continue lendo “Albert Camus: existência, absurdo e responsabilidade” – Maurício MARSOLA

Grandes documentales: “El París de los existencialistas” – Fernando SAVATER

En ningún lugar el existencialismo floreció tanto como en París. Hoy Fernando Savater no muestra la ciudad donde Camus, De Beauvoir y Sartre desarrollaron su pensamiento, "el París de los existencialistas". https://www.youtube.com/watch?v=dGfD-TJSVLA CONTENIDO RELACIONADO: