“O Esquecimento, a Desrazão” – Maurice BLANCHOT

A RELAÇÃO DO DESEJO com o esquecimento como aquilo que se inscreve previamente fora da memória, relação com aquilo de que não pode haver recordação e que sempre precede, apaga a experiência de um traço, esse movimento que se exclui e que, por essa exclusão, se designa como exterior a si próprio, requer assim uma… Continue lendo “O Esquecimento, a Desrazão” – Maurice BLANCHOT

“Reflexões sobre o niilismo” (Maurice Blanchot)

1. Nietzsche, hoje Que houve com Nietzsche, hoje? Essa pergunta é inicialmente anedótica: ela interessa à história e às fofocas da história. Ela visa em seguida aos intérpretes e às interpretações de Nietzsche, tais como os encontramos na Alemanha e na França: trata-se, observemos, dos maiores nomes, Jaspers, Heidegger, Lukács, Karl Löwith, Bataille, Jean Wahl,… Continue lendo “Reflexões sobre o niilismo” (Maurice Blanchot)