“As vantagens da debilidade” – CIORAN

O indivĂ­duo que nĂŁo ultrapassa sua qualidade de belo exemplar, de modelo acabado, e cuja existĂȘncia confunde-se com seu destino vital, coloca-se fora do espĂ­rito. A masculinidade ideal – obstĂĄculo Ă  percepção das nuanças – comporta uma insensibilidade em relação ao sobrenatural cotidiano, de onde a arte extrai sua substĂąncia. Quanto mais natureza se Ă©,… Continue lendo “As vantagens da debilidade” – CIORAN

Publicidade

“O segundo Cioran e a campanha abolicionista da alma” – Rodrigo MENEZES

Uma das diferenças mais marcantes no pensamento de Cioran na passagem dos escritos romenos aos franceses, apĂłs a Segunda Guerra, Ă© a reação crĂ­tica, em nome da lucidez do espĂ­rito, Ă s ilusĂ”es das quais outrora fizera a apologia (ver O Livro das ilusĂ”es). "IlusĂŁo" se refere, antes de tudo, e fundamentalmente, Ă  ilusĂŁo de profundidade,… Continue lendo “O segundo Cioran e a campanha abolicionista da alma” – Rodrigo MENEZES

“Oscar Wilde, Spendthrift of Genius”: a documentary (1991)

This portrait of the multi-talented and self-destructive fin de siĂšcle genius follows Wilde’s meteoric rise and fall. Portraying the many circles—academic, social, theatrical, literary—in Dublin, Oxford, London, and Paris—in which Wilde circulated, and generously sprinkled with Wilde’s infamous bons mots, the program also includes the only known recording by Wilde (of "The Ballad of Reading Gaol"). Written… Continue lendo “Oscar Wilde, Spendthrift of Genius”: a documentary (1991)

“Los desafĂ­os estĂ©ticos y sociales de Oscar Wilde” – Fernando GALVÁN

FundaciĂłn Juan March, Madrid, 19 de enero de 2016 https://www.youtube.com/watch?v=NWXI748lEHI De porte distinguido y estilo refinado, prolĂ­fico escritor, ensayista, crĂ­tico y dramaturgo de comedias de Ă©xito, Oscar Wilde (1854-1900) conforma la imagen prototĂ­pica del dandi inglĂ©s. El catedrĂĄtico Fernando GalvĂĄn aborda las teorĂ­as estĂ©ticas del autor irlandĂ©s a partir de su biografĂ­a –años de formaciĂłn,… Continue lendo “Los desafĂ­os estĂ©ticos y sociales de Oscar Wilde” – Fernando GALVÁN

De Profundis e Oscar Wilde: a pessoa, o escritor e o inscritor na autoria e o texto como gestĂŁo do contexto (Kelen Rodrigues)

Revista de Estudos da Linguagem, UFMG, vol. 24, n. 2, 2016. Resumo: A concepção de autoria assumida fundamenta-se na proposta de Dominique Maingueneau (2006) porque ela permite mostrar a autoria como um funcionamento entrelaçado de instĂąncias autorias. O que estĂĄ no texto de um autor, neste caso, em Oscar Wilde, diz respeito Ă  pessoa de Wilde, tem… Continue lendo De Profundis e Oscar Wilde: a pessoa, o escritor e o inscritor na autoria e o texto como gestĂŁo do contexto (Kelen Rodrigues)

Poemas de Lucian Blaga

AUTORRETRATO Lucian Blaga estĂĄ mudo como um cisne. Em sua pĂĄtria a neve dos seres tomou o lugar do Verbo. Seu espĂ­rito reside em buscar, em muda busca secular, desde sempre, e atĂ© ao Ășltimo lugar. Ele busca a ĂĄgua de que bebe o arco-Ă­ris. Ele busca a ĂĄgua, de que o arco-Ă­ris bebe sua… Continue lendo Poemas de Lucian Blaga