“Cioran, Plotino e a gnose” – Jérôme LAURENT

In: TACOU, L .; PIEDNOIR, V. (eds.), Cahier L’Herne Cioran. Paris: L’Herne, 2009, p. 264-270. [PDF]  “Ninguém é mais religioso do que eu. Nem menos. Estou mais perto e mais longe do Absoluto do que qualquer um”, escreveu Cioran em seus Cahiers, em 1966. Pode-se dizer que ninguém foi, no século XX, mais gnóstico do… Continue lendo “Cioran, Plotino e a gnose” – Jérôme LAURENT

“Tédio e decomposição” – Augusto Frederico SCHMIDT

Correio da Manhã, Rio de Janeiro, ano XLIX, no 17453, 5 de fevereiro de 1950. Há poucos dias aqui nestas colunas citei uma passagem do livro de E. M. Cioran, “Précis de décomposition”, livro que é uma espécie de breviário de desespêro e da negação, escrito por um jovem romeno, um homem que naturalmente viu… Continue lendo “Tédio e decomposição” – Augusto Frederico SCHMIDT