Entrevista com Renzo Rubinelli: andanças, encontros e a recepção de Cioran na Itália

"Busco fazer uma exegese do pensamento de Cioran que evidencia como o tempo está na raiz de toda a sua reflexão. Para Cioran, Tempo é Destino. A maldição de nossa existência é a de sermos “encarcerados” na linearidade do tempo, que procede de um paradisíaco passado pré-temporal em direção a um destino de morte e… Continue lendo Entrevista com Renzo Rubinelli: andanças, encontros e a recepção de Cioran na Itália

“The concept of tragic in Romanian philosophy: D.D. Rosca, G. Liiceanu, E. Cioran” (Gabriel Furmuzachi)

Far from being a deep study of the concept of tragic as approached by the Romanian philosophers, the present essay tries only to reveal three main perspectives of tragic within the Romanian culture. D.D.Rosca, G.Liiceanu and E.Cioran talk and write about the tragic, yet each in his own way, following a specific situation. European philosophy… Continue lendo “The concept of tragic in Romanian philosophy: D.D. Rosca, G. Liiceanu, E. Cioran” (Gabriel Furmuzachi)

Una escritura, un destino (María Liliana Herrera A.)

Revista Ciências Humanas no. 23, Universidad Tecnológica de Pereira (UTP), Colómbia Lo que aquí exponemos puede considerarse como una introducción a dos problemáticas que nos plantea la obra cioraniana: la escritura fragmentada y la percepción del tiempo que la articula. Se trata del planteamiento general el cual es propiamente el horizonte en el que el… Continue lendo Una escritura, un destino (María Liliana Herrera A.)