“Words of nectar and cyanide” (Joseph Bottum)

FIRST THINGS, May 2009 You can trace, through the history of philosophy, a line of aphorism”that odd, somewhat disreputable method of doing philosophy as a kind of bastard poetry. Maybe even as a kind of magic: truth as something to be summoned by careful incantation and the weird precision of a witch’s spell. It starts… Continue lendo “Words of nectar and cyanide” (Joseph Bottum)

“At the margins of productivity: Philosophy of Uselessness” (Vytautas Šliuburys)

Master thesis, Faculty of Political Science and Diplomacy, Department of Philosophy and Social Critique, Kaunas, Lithuania SUMMARY With usefulness expanding and consuming more and more areas of our lives, the useless – philosophy and the humanities in general – are fighting a losing battle and gradually becoming extinct. In order to defend them I attempt… Continue lendo “At the margins of productivity: Philosophy of Uselessness” (Vytautas Šliuburys)

“Emile Cioran e os Equívocos da Filosofia” (João Maurício Barreiros Brás)

Revista Gepolis, Universidade Católica Portuguesa, no. 5, 1998 [Pdf] O objectivo deste artigo consiste em abordar estas questões insignificantes, acompanhados por um pensador, Emile Cioran, que pode servir como exemplo de um tipo de filósofo c filosofia esquecidos. Estamos em presença de um perseguidor incansável da lucidez e do desengano, no sentido daquele que vê,… Continue lendo “Emile Cioran e os Equívocos da Filosofia” (João Maurício Barreiros Brás)

“Cinismo, escepticismo e historia. Los casos de Cioran y Veyne” (Roch Little)

Revista Memoria y Sociedad, Departamento de Historia de la Pontificia Universidad Javeriana (Bogotá - Colombia),  ISSN 0122-5197, 17 (35): 185-196 / julio-diciembre 2013 / [Pdf] Roch Charles Little Universidad Nacional de Colombia (Bogotá, Colombia) rclittle@unal.edu.co Resumen: El cinismo y el escepticismo están contemplados hoy como curiosidades dentro de la historia del pensamiento filosófico, reducidos a personajes… Continue lendo “Cinismo, escepticismo e historia. Los casos de Cioran y Veyne” (Roch Little)

“Retrato do filósofo cínico ou a filosofia indigente” – Michel ONFRAY

Trata-se de demonstrar as grandes possibilidades do vagabundo em relação à virtude... contra a figura do sábio hierático e um tanto enfatuado, o cínico propõe a do filósofo errante. Séculos mais tarde, Cioran expressa certa simpatia por esta maneira de ser, que representa também uma proximidade com o essencial. Não possuir nada predispõe melhor a… Continue lendo “Retrato do filósofo cínico ou a filosofia indigente” – Michel ONFRAY

“O pensamento insuportável de Emil Cioran” (João Maurício Barreiro Brás)

Resumo: Cioran é um pensador incontornável do século XX. Pela originalidade do seu pensamento mas também pela recuperação de uma lição antiga. Pensar e viver são inseparáveis. O filósofo funcionário é um pensador estéril. Vive-se e pensa-se sobre o que se vive, e esse pensar retorna à vida, como experiência e promessa de sabedoria. Este… Continue lendo “O pensamento insuportável de Emil Cioran” (João Maurício Barreiro Brás)