“Pensar contra si próprio” – E.M. Cioran

Um requisitório contra o otimismo new age, a cultura da autoajuda e suas receitas de felicidade, o dogmatismo indulgente e pernicioso ao quais nem os filósofos saberiam escapar: "Pensar contra si próprio" é o texto de abertura de A tentação de existir (1956), o terceiro livro de Cioran em língua francesa após o fiasco de… Continue lendo “Pensar contra si próprio” – E.M. Cioran

“Crítica da servidão dogmática (e do misticismo)”: a Experiência Interior de BATAILLE

Entendo por experiência interior aquilo que habitualmente se nomeia experiência mística: os estados de êxtase, de arrebatamento ou ao menos de emoção meditada. Mas penso menos na experiência confessional, a que os místicos se ativeram até aqui, do que numa experiência nua, livre de amarras, e mesmo de origem, que a prendam a qualquer confissão… Continue lendo “Crítica da servidão dogmática (e do misticismo)”: a Experiência Interior de BATAILLE

Împotriva imaginii – E.M. Cioran

Observator Cultural, nr. 1.063, 26/05/2021 I. Spiritul care se îndreaptă spre goliciune respinge asemănările care-i amintesc de această lume, de care ar dori să se despartă. Este exasperat doar de ceea ce există sau pare să existe. Cu cît cineva se îndepărtează de aparențe, cu atît mai puțin este nevoie de semne pentru a le… Continue lendo Împotriva imaginii – E.M. Cioran

Uma reflexão inédita sobre (contra) a Imagem, de E.M. Cioran

Acabo de escrever, para uma obra coletiva, um breve texto sobre a imagem, ou antes, contra a imagem, e que poderia ter sido assinado pelo crente mais ortodoxo. E, contudo, nunca estive tão distante de qualquer conversão que seja. É um “impulso” místico proveniente de certos estados febris que experimento de vez em quando.E.M. Cioran… Continue lendo Uma reflexão inédita sobre (contra) a Imagem, de E.M. Cioran

An Unheard-of Reflection On/Against The Image, by E.M. CIORAN

An enigmatic text, mostly unheard-of by even the most knowledgeable experts in the matter of Cioran, is among the selected writings that compose Contra la Historia [Against History], a collection of aphorisms and essays edited by Esther Seligson, with the purpose of diffusing Cioran's writings in the Spanish-speaking world when his books were just starting… Continue lendo An Unheard-of Reflection On/Against The Image, by E.M. CIORAN

“Meister Eckhart: Dangerous Mystic” – Joel F. HARRINGTON

Los Angeles Review of Books, June 6, 2018 After nearly seven centuries of relative obscurity, the fourteenth-century mystic Meister Eckhart has emerged as something of a modern spiritual celebrity. Millions of Roman Catholics and other Christians have claimed the medieval German monk as one of their own, not to mention many Zen Buddhists, Sufi Muslims,… Continue lendo “Meister Eckhart: Dangerous Mystic” – Joel F. HARRINGTON

Contra a Imagem – E.M. CIORAN

Um texto enigmático, ausente de todos os livros de Cioran, corresponde ao último título no índice da antologia editada por Esther Seligson, intelectual e tradutora mexicana, de origem judaica, que se tornaria uma correspondente epistolar e amiga de Cioran à distância. Contra la historia não é um título de Cioran (ainda que exprima bem a… Continue lendo Contra a Imagem – E.M. CIORAN

Contra la Imagen – E.M. CIORAN

I. El espíritu que se orienta hacia la desnudez rechaza las semejanzas que le recuerdan este mundo del que quiere separarse. Solo siente exasperación ante lo que existe o parece existir. Mientras más se aleje de las apariencias, menos necesitará de signos que las realcen o de simulacros que las denuncien, unos y otros igualmente… Continue lendo Contra la Imagen – E.M. CIORAN

“O comércio dos místicos” (E.M. Cioran)

Video-leitura experimental de um importante ensaio, visualmente ilustrado e comentado com imagens e cenas de filmes diversos: "O comércio dos místicos" é um texto-chave, parte integrante de um livro não menos importante, apesar de não tão lido e conhecido como o Breviário de Decomposição (1949): A Tentação de Existir (1957), o terceiro livro de Cioran… Continue lendo “O comércio dos místicos” (E.M. Cioran)

“Cioran: The Temptation to Believe” (Ilinca Zarifopol-Johnston)

The "death of the author" is a notion I have never become used to. Time and again, when I open the pages of an engaging book, the "dead" author comes back to haunt me: as if reading were a spell that brings him back, his hovering spirit is always before my mind's eye. And while… Continue lendo “Cioran: The Temptation to Believe” (Ilinca Zarifopol-Johnston)