“O Chão Sublime da Prosa: Crítica e Ensaísmo em William Hazlitt” – Daniel Lago MONTEIRO

Remate de Males, Campinas-SP, v. 37, n. 2, pp. 763-784, jul./dez. 2017 “[José Paulo Paes] considerava-se ‘um animal pedestre’e não se julgava ‘com asas’ para a teorização”Vilma Arêas – PAES, 2008 Apresentação Durante bastante tempo, boa parte do século XX, o nome de William Hazlitt (1778-1830) foi frequentemente lembrado, em seu prejuízo, ao lado do… Continue lendo “O Chão Sublime da Prosa: Crítica e Ensaísmo em William Hazlitt” – Daniel Lago MONTEIRO