«Erfahrung», «Erlebnis», História e Narração em Walter Benjamin: entrevista com Jeanne-Marie GAGNEBIN

Revista Redobra, UFBA, no 14, ano 5, 2014. [PDF] Entrevista realizada por:Fabiana Dultra BrittoPaola Berenstein Jacques I – Experiência e transmissão 1. Em seu livro História e narração em Walter Benjamin, ao tratar de história e narração, duas outras noções surgem também relacionadas, experiência e transmissão. Alguns autores contemporâneos, como Agamben, insistem na questão da… Continue lendo «Erfahrung», «Erlebnis», História e Narração em Walter Benjamin: entrevista com Jeanne-Marie GAGNEBIN

Publicidade

“Walter Benjamin, leitor de Baudelaire: o poeta contra a multidão e a emergência da modernidade” – Marcos MESSERSCHMIDT

Revista Pólemos, UnB, v. 10 n. 20 (2021) RESUMO: A partir da análise da obra literária de Marcel Proust e, principalmente, da obra poética de Charles Baudelaire, além de textos filosóficos de Henri Bergson e Sigmund Freud, Walter Benjamin desenvolve, em Sobre alguns motivos na obra de Baudelaire, alguns conceitos-chave, como “experiência” (Erfahrung), “choque” e “vivência”… Continue lendo “Walter Benjamin, leitor de Baudelaire: o poeta contra a multidão e a emergência da modernidade” – Marcos MESSERSCHMIDT

“O Conceito de Vivência em Wilhelm Dilthey: a fulgura da historicidade da existência” – Rodrigo Fernandes da SILVA

Revista de Teoria da História, ano 1, Número 1, agosto/ 2009 RESUMO: Este artigo concentra-se em dois momentos que embora tratados inicialmente de forma separada, devem ser vistos posteriormente juntos, por estarem intrinsecamente relacionadas na obra de Wilhelm Dilthey (1833-1911). Trata-se dos elementos que constituem o conceito diltheyano de estrutura da consciência e sua filosofia… Continue lendo “O Conceito de Vivência em Wilhelm Dilthey: a fulgura da historicidade da existência” – Rodrigo Fernandes da SILVA

A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

"Ceder, em meio aos nossos males, à tentação de crer que não nos terão servido para nada, que sem eles estaríamos infinitamente mais avançados, é esquecer o duplo aspecto da doença: aniquilação e revelação; ela só nos arranca às nossas aparências para melhor nos abrir à nossa realidade última, e às vezes ao invisível." CIORAN,… Continue lendo A libertação necessária e (im)possível: a tragédia humana tem redenção, segundo Cioran?

“O conceito de vivência (Erlebnis) em Nietzsche: gênese, significado e recepção” – Jorge Luiz VIESENTEINER

Kriterion 54 no. 127, Belo Horizonte, junho de 2013. RESUMO: O objetivo deste artigo é analisar o conceito de vivência (Erlebnis) na filosofia de Nietzsche, desde o seu primeiro emprego em língua alemã, seu significado e a recepção que Nietzsche faz da palavra no interior da sua filosofia. O conceito de Erlebnis, particularmente caro à filosofia de Nietzsche, mas… Continue lendo “O conceito de vivência (Erlebnis) em Nietzsche: gênese, significado e recepção” – Jorge Luiz VIESENTEINER