“Um estranho nos bastidores” (John Gray)

O santo padroeiro do humanismo é uma figura enigmática. Não temos como saber como era de fato Sócrates, já que a imagem que dele temos foi moldada por Platão. O fundador da filosofia ocidental pode ter sido um sofista que, em vez de aceitar que nada sabia, acreditava nada haver que valesse a pena saber;… Continue lendo “Um estranho nos bastidores” (John Gray)

“Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

Ingenium. Revista Electrónica de Pensamiento Moderno y Metodología en Historia de las Ideas, Universidad Complutense de Madrid, España, 2016 Resumen ¿Podría un dios hacer aparecer como verdaderas cosas que son falsas? Esta pregunta que Cicerón formula en las Cuestiones académicas y en el contexto de su objeción al concepto estoico de sabiduría, adquiere una fuerza impensada en… Continue lendo “Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

História do ceticismo (Bertrand Russell)

Tímon passou os últimos anos de sua longa vida em Atenas, onde morreu no ano de 235 a.C. Com sua morte, a escola de Pirro teve fim enquanto escola, mas, por mais estranho que possa parecer, suas doutrinas foram adotadas -- com algumas alterações -- pela Academia, representante da tradição platônica. O homem que realizou… Continue lendo História do ceticismo (Bertrand Russell)

“São Paulo” (E.M. Cioran)

Nunca o acusaremos o bastante por ter feito do cristianismo uma religião deselegante, por nele ter introduzido as tradições mais detestáveis do Antigo Testamento: a intolerância, a brutalidade, o provincianismo. Com que indiscrição interfere em coisas que não lhe dizem respeito, de que nada entende! As suas considerações sobre a virgindade, a abstinência e o… Continue lendo “São Paulo” (E.M. Cioran)

“Del escepticismo helenístico al escepticismo actual: la charlatanería” – Isabel Aísa FERNÁNDEZ

Cuadernos de los Amigos de los Museos de Osuna, España, año 2016, número 18 [PDF] La etapa helenística, en la Grecia antigua, constituye un período de derrumbe tras las etapas anteriores, en las que desde el punto de vista filosófico alumbraron genios del pensamiento como Anaximandro, Parménides, Platón o Aristóteles. Con sólo constatar las corrientes fi losóficas… Continue lendo “Del escepticismo helenístico al escepticismo actual: la charlatanería” – Isabel Aísa FERNÁNDEZ

“Suicídio: o adeus para (in) transcendência” (José Fernandes Pires Júnior)

Albert Camus escreveu que o suicídio era um "problema filosófico verdadeiramente sério". Conheça a visão de pensadores como Emil Cioran, Santo Tomás de Aquino e Jean-Jacques Rousseau sobre esse tema tão delicado e controverso por José Fernandes Pires Júnior, graduado em Filosofia, bacharelando em Direito e professor de Filosofia da rede de ensino público do… Continue lendo “Suicídio: o adeus para (in) transcendência” (José Fernandes Pires Júnior)

“O princípio de estilo” – Patrice BOLLON

Cinismo? Ceticismo? Estoicismo? Há uma “filosofia de Cioran”? Não de maneira sistemática, mas um princípio de autenticidade e de estilo. Da elegância como ética... Por Patrice Bollon* Artigo publicado na Magazine Littéraire (dossiê “Cioran, aristocrate du doute”) nº 327, dezembro de 1994 “Nada mais irritante que essas obras nas quais se coordena as ideias densas… Continue lendo “O princípio de estilo” – Patrice BOLLON