“A imanĂȘncia da morte na vida”: uma abordagem tanatolĂłgica de Cioran | Entrevista com Javier Jaimes CIENFUEGOS

Javier Jaimes Cienfuegos Ă© Doutor em Humanidades (Filosofia ContemporĂąnea), Mestre em Terapia Cognitivo-Comportamental e Mestre em Humanidades (Filosofia ContemporĂąnea). É graduado em Neuropsicologia e licenciado em Filosofia com especialização em Tanatologia, GestĂŁo do Luto e PsicanĂĄlise. Possui certificado para tratamento bipolar e suicidologista endossado pela Associação Mexicana de Suicidologia. É autor de Las formas de… Continue lendo “A imanĂȘncia da morte na vida”: uma abordagem tanatolĂłgica de Cioran | Entrevista com Javier Jaimes CIENFUEGOS

 “La inmanencia de la muerte en la vida”: un enfoque tanatológico sobre Cioran con Javier Jaimes Cienfuegos (UAEMex)

Javier Jaimes Cienfuegos cuenta con el primer año de estancia posdoctoral financiada por el CONACYT, es Doctor en Humanidades: FilosofĂ­a ContemporĂĄnea, Maestro en terapia cognitivo-conductual y Maestro en Humanidades: FilosofĂ­a ContemporĂĄnea. Licenciado en NeuropsicologĂ­a y Licenciado en FilosofĂ­a. Esp. TanatologĂ­a y manejo en duelo. Esp. en psicoanĂĄlisis. Certificado para el tratamiento bipolar y suicidĂłlogo avalado… Continue lendo  “La inmanencia de la muerte en la vida”: un enfoque tanatolĂłgico sobre Cioran con Javier Jaimes Cienfuegos (UAEMex)

“Biblioteca Nacional homenageia Daniel Silveira e outros misĂłlogos bolsonaristas” | Portal E. M. Cioran News

Misologia (subst. fem.): Ăłdio ao pensamento, ao saber; aversĂŁo e inaptidĂŁo Ă  atividade racional, lĂłgico-argumentativa, dialĂ©tica. O termo remonta ao FĂ©don, diĂĄlogo de PlatĂŁo que tematiza as Ășltimas horas de SĂłcrates, antes de sua execução. A Biblioteca Nacional homenagear Daniel Silveira e outros bolsonaristas Ă© como a Igreja CatĂłlica homenagear ateus — se nĂŁo o… Continue lendo “Biblioteca Nacional homenageia Daniel Silveira e outros misĂłlogos bolsonaristas” | Portal E. M. Cioran News

“O FilĂłsofo confrontado com a (i)mortalidade da alma – uma anĂĄlise do FĂ©don Ă  luz da hermenĂȘutica de Gadamer” – Rodrigo MENEZES

Enquanto preparavam a cicuta, aprendia SĂłcrates uma canção na flauta. “Para que te servirĂĄs? lhe perguntaram.” “Para sabĂȘ-la antes de morrer.” Ouso recordar esta resposta que os manuais banalizaram, pois que ela me parece a Ășnica justificação sĂ©ria da vontade de conhecer, que se dĂĄ atĂ© mesmo Ă s portas da morte ou em outro momento… Continue lendo “O FilĂłsofo confrontado com a (i)mortalidade da alma – uma anĂĄlise do FĂ©don Ă  luz da hermenĂȘutica de Gadamer” – Rodrigo MENEZES

Cioran: Pensador Cantor com uma Alma Perdidamente Musical

"NĂŁo se pode eludir a existĂȘncia com explicaçÔes, sĂł se pode suportĂĄ-la, amĂĄ-la ou odiĂĄ-la, adorĂĄ-la ou temĂȘ-la, nessa alternĂąncia de felicidade e de horror que exprime o ritmo mesmo do ser, suas oscilaçÔes, suas dissonĂąncias, suas veemĂȘncias amargas ou alegres."BreviĂĄrio de decomposição "Sem o imperialismo do conceito, a mĂșsica teria substituĂ­do a filosofia: teria… Continue lendo Cioran: Pensador Cantor com uma Alma Perdidamente Musical

“SuicĂ­dio: o adeus para (in) transcendĂȘncia” (JosĂ© Fernandes Pires JĂșnior)

Albert Camus escreveu que o suicĂ­dio era um "problema filosĂłfico verdadeiramente sĂ©rio". Conheça a visĂŁo de pensadores como Emil Cioran, Santo TomĂĄs de Aquino e Jean-Jacques Rousseau sobre esse tema tĂŁo delicado e controverso por JosĂ© Fernandes Pires JĂșnior, graduado em Filosofia, bacharelando em Direito e professor de Filosofia da rede de ensino pĂșblico do… Continue lendo “SuicĂ­dio: o adeus para (in) transcendĂȘncia” (JosĂ© Fernandes Pires JĂșnior)