“O FilĂłsofo confrontado com a (i)mortalidade da alma – uma anĂĄlise do FĂ©don Ă  luz da hermenĂȘutica de Gadamer” – Rodrigo MENEZES

Enquanto preparavam a cicuta, aprendia SĂłcrates uma canção na flauta. “Para que te servirĂĄs? lhe perguntaram.” “Para sabĂȘ-la antes de morrer.” Ouso recordar esta resposta que os manuais banalizaram, pois que ela me parece a Ășnica justificação sĂ©ria da vontade de conhecer, que se dĂĄ atĂ© mesmo Ă s portas da morte ou em outro momento… Continue lendo “O FilĂłsofo confrontado com a (i)mortalidade da alma – uma anĂĄlise do FĂ©don Ă  luz da hermenĂȘutica de Gadamer” – Rodrigo MENEZES

Publicidade