Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

Portal E.M. Cioran Brasil, 7 de junho de 2021[1] Kerstin BORCHHARDT é filósofa e historiadora da arte, doutora em História da Arte pela Universidade Friedrich-Schiller, em Iena, onde obteve bolsas de estudo de importantes instituições como Studienstiftung des deutschen Volkes, Gerda Henkel Stiftung e Fritz Thyssen Stiftung. Lecionou na Universidade de Erfurt de 2013 a… Continue lendo Pós-Metafísica, Pós-Modernidade, Pós-História, Pós-Humanismo: em diálogo com Kerstin Borchhardt sobre a recepção cioraniana de Nietzsche

Guión de temas y tópicos de discusión: Tertúlia con Leobardo Villegas Mariscal – 08/04/2021 | 17h Bra | 15h Mex

La relación lector-autor de una obra fragmentaria y asistemática "- ¿Qué diría usted a quien descubra su obra? ¿Le aconsejaría que comenzara por una obra mejor que por otra?- Puede elegir cualquiera de ellas, ya que no hay progresión en lo que escribo. Mi primer libro contiene ya virtualmente todo lo que he dicho posteriormente.… Continue lendo Guión de temas y tópicos de discusión: Tertúlia con Leobardo Villegas Mariscal – 08/04/2021 | 17h Bra | 15h Mex

Experimentalismo, Polifonia, Polimorfismo e Fragmentarismo na “obra” de Cioran

"Este é o drama de todo pensamento estruturado, não permitir a contradição. Assim, caímos na falsidade, mentimos para salvar a coerência. Por outro lado, se praticamos o fragmento, no decorrer do mesmo dia pode-se dizer uma coisa e o contrário. Por quê? Porque cada fragmento surge de uma experiência diferente, e todas essas experiências são… Continue lendo Experimentalismo, Polifonia, Polimorfismo e Fragmentarismo na “obra” de Cioran