“Deus no pensamento de Bergson” – Franklin Leopoldo e Silva

Revista Cult, nr. 131, dezembro de 2009 O que habitualmente chamamos de condição humana é basicamente determinado, segundo Bergson, pela natureza. A partir da aceitação das linhas gerais da teoria da evolução, Bergson afirma que a natureza teria seguido dois caminhos paralelos com a mesma intenção de desenvolver e preservar a vida. De um lado,… Continue lendo “Deus no pensamento de Bergson” – Franklin Leopoldo e Silva

Divina Impotência e a “Carreira Triunfal do Mal”: Cioran e o Ateísmo Místico como Sabedoria da Insegurança

Cioran concorda com Arthur Schopenhauer em que a filosofia não tem o seu ponto de partida em um eventual maravilhamento, cheio de graça e júbilo, diante do "milagre" do Ser, da evidência de que "algo é", "há seres e ser", sempre em devir, devindo, fluindo, confluindo, em sua ininterrupta duração (la durée, segundo Bergson). O… Continue lendo Divina Impotência e a “Carreira Triunfal do Mal”: Cioran e o Ateísmo Místico como Sabedoria da Insegurança

“As ambiguidades da experiência moderna” (Franklin Leopoldo e Silva)

https://www.youtube.com/watch?v=I2wMQft9I9I A partir da visão hegeliana de modernidade , o professor discute a como é possível pensar a arte e a poesia num mundo sem ideal. Neste cenário, a pergunta que parece se impor é: Como pensar a arte depois de Hegel?

Ceticismo e modo de vida (Plínio Junqueira Smith)

https://www.youtube.com/watch?v=2NxAxZrNtbg

“Pascal: condição trágica e liberdade” – Franklin Leopoldo e Silva

Cad. Hist. Fil. Ci., Campinas, Série 3, v. 12, n. 1-2, p. 339-356, jan.-dez. 2002. Resumo: A liberdade, embora se enraíze na perfeição originária da criatura humana, veio, pelo pecado e pela condição corrompida, a tornar-se a expressão do homem separado de si mesmo, porque já na sua primeira ação livre o homem repudiou a… Continue lendo “Pascal: condição trágica e liberdade” – Franklin Leopoldo e Silva

“Como entender a existência do mal?” (Franklin Leopoldo e Silva)

https://www.youtube.com/watch?v=mn8Av9ZwJX8 Para ler: "A incompreensibilidade do mal", por Franklin Leopoldo e Silva (Revista Cult)

Café filosófico: “As vertigens da razão e o mistério da fé. Kierkegaard e Pascal” (Franklin Leopoldo e Silva)

https://www.youtube.com/watch?v=S8j7ojLpZNI Pascal e Kierkegaard, que viveram tempos muito distintos da história da Europa, partilhavam a experiência radical de uma razão que, em seus desdobramentos, atinge enfim seus limites, seus abismos, e não se detém em suas bordas, mas neles se precipita corajosamente. A aposta de Pascal e a ironia de Kierkegaard não são apenas criações… Continue lendo Café filosófico: “As vertigens da razão e o mistério da fé. Kierkegaard e Pascal” (Franklin Leopoldo e Silva)

“Modernidade poética em Baudelaire” (Franklin Leopoldo e Silva)

UNIVESP TV, 29 de março de 2012. Nesta vídeo-aula, o prof. Franklin Leopoldo e Silva coloca em pauta os temas do heroísmo e da singularidade como proposta baudelairiana de inserção poética na modernidade. Como fazer-se poeta? Ademais, como fazer-se poeta moderno? São as questões essenciais que animam a criação baudelairiana, de acordo com Franklin. Segundo… Continue lendo “Modernidade poética em Baudelaire” (Franklin Leopoldo e Silva)

“A incompreensibilidade do mal” (Franklin Leopoldo e Silva)

Revista Cult, no. 150, Setembro 2010 Diante do mal, o que está em jogo não é explicação ou compreensão, mas sim revolta ou resignação Se a filosofia é a tentativa de compreensão da condição humana, então a questão do mal ocupa o centro das preocupações – e a marca profunda que a tradição socrático-platônica deixou… Continue lendo “A incompreensibilidade do mal” (Franklin Leopoldo e Silva)