“Mani: o profeta gnóstico da luz” – Alberto BRUM

Kephalaia e textos maniqueus. Kephalaia ("capítulos" ou "títulos" em grego) é um gênero de literatura maniqueia representado principalmente por dois grandes códices de papiro contendo traduções coptas do Egito romano do século V. As kephalaia são consideradas por alguns estudiosos como as palavras ou ensinamentos originais do profeta Mani, enquanto outros acreditam que são discursos… Continue lendo “Mani: o profeta gnóstico da luz” – Alberto BRUM

“A Gnosis Sufi: Ismailismo e Mística” – Alberto BRUM

https://www.youtube.com/watch?v=40WtPWw3YRE Vídeo anterior sobre os Mandeanos: Os Gnósticos Mandeanos e o Livro Sagrado Ginzahttps://youtu.be/C5yeW7CMHHM Mani e o Maniqueismo - Os textos descobertos e o Kephalaiahttps://youtu.be/vW37G8jyU-U Temas relacionados: Essênios, João Batista e o Gnóstico João - (outra aula do prof. Alberto Brum que complementa este video)https://youtu.be/JdZn4gm-6Hc CONTEÚDO RELACIONADO:

Gnose, pessimisme et antinatalisme dans Le Mauvais Démiurge – CIORAN

Timide, dépourvu de dynamisme, le bien est inapte à se communiquer ; le mal, autrement empressé, veut se transmettre, et il y arrive puisqu’il possède le double privilège d’être fascinant et contagieux. Aussi voit-on plus facilement s’étendre, sortir de soi, un dieu mauvais qu’un dieu bon. Cette incapacité de demeurer en soi-même, dont le créateur devait… Continue lendo Gnose, pessimisme et antinatalisme dans Le Mauvais Démiurge – CIORAN

“Cioran, Plotino e a gnose” – Jérôme LAURENT

In: TACOU, L .; PIEDNOIR, V. (eds.), Cahier L’Herne Cioran. Paris: L’Herne, 2009, p. 264-270. [PDF]  “Ninguém é mais religioso do que eu. Nem menos. Estou mais perto e mais longe do Absoluto do que qualquer um”, escreveu Cioran em seus Cahiers, em 1966. Pode-se dizer que ninguém foi, no século XX, mais gnóstico do… Continue lendo “Cioran, Plotino e a gnose” – Jérôme LAURENT

“A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

O que sabiam os gnósticos? A ponto de torná-los tão incômodos, indesejáveis, ameaçadores? Não eram segredos ocultos, fórmulas mágicas, amuletos encantados, abracadabras. O que os gnósticos conheciam era o poder da imaginação. Conheciam e punham em prática. Pois o gnosticismo é tudo, menos um quietismo. As nuances das doutrinas gnósticas são tantas que, até hoje,… Continue lendo “A fraqueza de Deus” – Marilia FIORILLO

“Qual é a ‘verdadeira igreja’?” – Elaine PAGELS

DURANTE QUASE 2 mil anos a tradição cristã preservou e reverenciou os escritos ortodoxos que denunciavam os gnósticos enquanto reprimiam — e destruíam — os escritos gnósticos. Agora, pela primeira vez, certos textos descobertos em Nag Hammadi revelam o outro lado da moeda: como os gnósticos denunciavam os ortodoxos. O Segundo Tratado do Grande Seth… Continue lendo “Qual é a ‘verdadeira igreja’?” – Elaine PAGELS

“Do ennui ao êxtase: Cioran e o sentimento religioso da existência” – Rodrigo MENEZES

Quanto mais perco minha fé no mundo, mais estou em Deus, sem crer nele. – Será uma doença misteriosa, ou uma nobreza do espírito e do coração, que te faz ser ao mesmo tempo cético e místico?CIORAN, Amurgul gândurilor [O Crepúsculo dos Pensamentos] (1940) A acusação de “irracionalismo” oculta, muitas vezes, a defesa de um… Continue lendo “Do ennui ao êxtase: Cioran e o sentimento religioso da existência” – Rodrigo MENEZES

“Gnosis: autoconhecimento como conhecimento de Deus” – Elaine PAGELS

(…) Tomé lhe diz: “Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” Diz-lhe Jesus: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim.” O EVANGELHO DE JOÃO, que contém esse trecho, é um livro notável que muitos gnósticos reclamam a si e utilizam… Continue lendo “Gnosis: autoconhecimento como conhecimento de Deus” – Elaine PAGELS

“O que a religião não é” – John GRAY

A ideia de que a religião é uma questão de crença é uma concepção estreita. Em que Homero "acreditava"? Ou os autores do Mahabharata? O conjunto de tradições a que os estudos ocidentais se referem como "hinduísmo" não apresenta qualquer credo predeterminado, como tampouco a mistura de religião popular e misticismo a que os mesmos… Continue lendo “O que a religião não é” – John GRAY

“John Gray e o equívoco do gnosticismo” – Rodrigo MENEZES

Em A alma da marionete (The Soul of the Marionette, 2015), John Gray dava indícios de compreender equivocadamente o assim-chamado "gnosticismo": a gnose da heresia gnóstica surgida no cristianismo primitivo, nos primeiros séculos da nossa era, e ressurgida na Idade Média, entre os cátaros e outros grupos religiosos sectários. Ele escreve: Hoje em dia, muitas… Continue lendo “John Gray e o equívoco do gnosticismo” – Rodrigo MENEZES