“Sofistas: FilosofĂ­a polĂ­tica y moral en la Grecia clĂĄsica” – JosĂ© Solana DUESO

https://www.youtube.com/watch?v=4l-KmPnh5Dk Descubre el origen, contexto y contribuciones del movimiento sofĂ­stico en Atenas en el siglo V a.C. en la primera conferencia del ciclo "Sofistas" con el catedrĂĄtico de FilosofĂ­a JosĂ© Solana Dueso. Conoce las figuras clave ProtĂĄgoras y Gorgias, y cĂłmo sus enseñanzas en retĂłrica introdujeron la filosofĂ­a polĂ­tica y moral. TambiĂ©n cĂłmo Gorgias revolucionĂł… Continue lendo “Sofistas: FilosofĂ­a polĂ­tica y moral en la Grecia clĂĄsica” – JosĂ© Solana DUESO

Publicidade

“ProtĂĄgoras y Gorgias: retĂłrica y filosofĂ­a” – JosĂ© Solano DUESO

https://www.youtube.com/watch?v=s4WQpxUfgUE En la primera conferencia del ciclo “Sofistas”, el catedrĂĄtico de FilosofĂ­a JosĂ© Solana Dueso analiza el pensamiento de dos figuras fundamentales del movimiento sofĂ­stico y de la tradiciĂłn cultural europea: ProtĂĄgoras, como filĂłsofo sin el cual no serĂ­a posible analizar la naturaleza conflictiva de las sociedades humanas; y Gorgias, cuyo estudio se centrĂł en… Continue lendo “ProtĂĄgoras y Gorgias: retĂłrica y filosofĂ­a” – JosĂ© Solano DUESO

Cioran, o Nada e o Niilismo: HistĂłrias coextensivas – Rodrigo MENEZES

“Que lĂĄstima que o nada tenha sido desvalorizado pelo abuso de filĂłsofos indignos dele!”[1]CIORAN Numa entrevista em alemĂŁo, Cioran diz: “NĂŁo sou niilista: o nada Ă© ainda um programa”,[2] pretendendo assim desvencilhar-se dessa etiqueta, tĂŁo frequentemente grudada nele. Cioran cultivou a inação, e viveu na recusa de todo programa: "por acaso respirar nĂŁo Ă© um?"… Continue lendo Cioran, o Nada e o Niilismo: HistĂłrias coextensivas – Rodrigo MENEZES

“SofĂ­stica, performance, performativo” – Barbara CASSIN

ANAIS DE FILOSOFIA CLÁSSICA, vol. 3 nÂș 6, 2009 / tradução publicada em vol. 10 nÂș 20, 2016 RESUMO: “Como fazer coisas com palavras”, pergunta Austin. De certa forma, a sofĂ­stica ou o discurso sofĂ­stico Ă© o paradigma de um discurso que faz coisas com palavras. NĂŁo se trata, certamente, de uma simples ação “retĂłrica”… Continue lendo “SofĂ­stica, performance, performativo” – Barbara CASSIN

Barbara Cassin : une heure en tĂȘte-Ă -tĂȘte avec la philosophe | TĂ©lĂ©rama

Depuis 2012, la rĂ©daction de TĂ©lĂ©rama organise, Ă  Paris, au ThĂ©Ăątre du Rond Point, TĂ©lĂ©rama Dialogue, une joyeuse journĂ©e de palabres et Ă©mulation intellectuelle avec 36 artistes, comĂ©diens, penseurs, Ă©crivains, musiciens et autres crĂ©ateurs ravis d'y rencontrer nos lecteurs. Pour l'Ă©dition 2018, vous Ă©tiez plus de 7000 Ă  venir rencontrer Jean Dujardin, LĂ©a SalamĂ©, AmĂ©lie… Continue lendo Barbara Cassin : une heure en tĂȘte-Ă -tĂȘte avec la philosophe | TĂ©lĂ©rama

“Sophistique, performance, performatif” – Barbara CASSIN

Anais de Filosofia ClĂĄssica - Revista do Programa de PĂłs-Graduação em Filosofia da UFRJ, vol. 3, n. 6, 2009 Resumo: “Como fazer coisas com palavras”, pergunta Austin. De certa forma, a sofĂ­stica ou o discurso sofĂ­stico Ă© o paradigma de um discurso que faz coisas com palavras. NĂŁo se trata, certamente, de uma simples ação… Continue lendo “Sophistique, performance, performatif” – Barbara CASSIN

“A atração pelo vazio” – ClĂ©ment ROSSET

Cioran escreve isto, em Aveux et AnathĂšmes: “Mal perdemos um defeito e outro apressa-se em substituĂ­-lo. Nosso equilĂ­brio existe a esse preço.” Quanto a mim, acrescentaria que seria preciso dizer o mesmo de toda tolice, de toda loucura, de toda paixĂŁo: nenhuma desaparece sem abrir caminho a outra que logo se apodera do lugar deixado… Continue lendo “A atração pelo vazio” – ClĂ©ment ROSSET

“Aniquilação”, ou da Anti-Natureza – Rodrigo MENEZES

Revista TrĂĄgica: estudos de filosofia da imanĂȘncia, Rio de Janeiro, v. 12, nÂș 2, p. 80-104, 2019. RESUMO: Trata-se de analisar o filme “Aniquilação” (2018) Ă  luz da filosofia trĂĄgica de ClĂ©ment Rosset (1939-2018), particularmente seu livro de 1973, A anti-natureza. Trata-se, ao mesmo tempo, de uma homenagem ao filĂłsofo, que faleceu semanas apĂłs o… Continue lendo “Aniquilação”, ou da Anti-Natureza – Rodrigo MENEZES

“Como a polĂ­tica Ă© uma questĂŁo de logos” [2/2] – Barbara CASSIN

Na RepĂșblica de PlatĂŁo, em que polĂ­tica e Ă©tica se imbricam, submetidas Ă  mesma idĂ©ia do Bem, a homonoia determinarĂĄ uma das quatro virtudes caracterĂ­sticas da alma do indivĂ­duo bem como dessa alma ampliada que Ă© a cidade: ela se definirĂĄ como sentido da hierarquia (IV, 432 a) e, com a justiça, virtude da estrutura,… Continue lendo “Como a polĂ­tica Ă© uma questĂŁo de logos” [2/2] – Barbara CASSIN

“Como a polĂ­tica Ă© uma questĂŁo de logos” [1/2] – Barbara CASSIN

O paradoxo começa a se explicar quando aceitamos regredir, para aquĂ©m de nossas antĂ­teses modernas (democracia/conservadorismo, revolução/reação), Ă  prĂłpria constituição da polis que marca o "milagre grego" do sĂ©culo V. Polis, logos, sofĂ­stica: o carĂĄter eminentemente polĂ­tico da sofĂ­stica Ă©, antes de tudo, um questĂŁo de logos, termo em que o grego liga, como se… Continue lendo “Como a polĂ­tica Ă© uma questĂŁo de logos” [1/2] – Barbara CASSIN