Ceticismo, fragmento e lucidez: “Emil Cioran. A Filosofia como Desfascinação e a Escritura como Terapia”, de Vincenzo Fiore [pt. 3] (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

Na primeira parte do livro, “Uma juventude entre desespero e fervor político”, Fiore perfaz o itinerário de formação do jovem Cioran na Romênia da década de 30, explorando a dualidade de uma juventude dividida entre o desespero existencial e o fervor político. Não se faz política nos cumes do desespero. Schimbarea la faţă a României – libelo político… Continue lendo Ceticismo, fragmento e lucidez: “Emil Cioran. A Filosofia como Desfascinação e a Escritura como Terapia”, de Vincenzo Fiore [pt. 3] (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Há poetas gnósticos?” (Claudio Willer)

Revista Terceira Margem - Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura da UFRJ, vol. 19, no. 31, 2015 Resumo: O presente ensaio retoma o que já escrevi sobre gnosticismo e poesia, e sobre poetas gnósticos. Examina o trânsito entre doutrinas aparentemente opostas, a gnose pessimista e aquela otimista do Corpus Hermeticum. Reconhece que há mais poetas gnósticos;… Continue lendo “Há poetas gnósticos?” (Claudio Willer)

“O Evangelho de Tomé” – Jean-Yves LELOUP

Introdução A descoberta Decorria o ano de 1945, nos arredores de Nag Hammadi, no Alto Egito, no local do antigo cenóbio de São Pacômio -- um campo como qualquer outro. Dir-se-ia que estava à espera de seu lavrador -- um camponês como qualquer outro. Foi ele quem, ao acaso dos movimentos da charrua, descobriu o… Continue lendo “O Evangelho de Tomé” – Jean-Yves LELOUP

“As revelações da insônia: escritura e autobiografia em Cioran” – Rodrigo Menezes

Versão revisada e ampliada a partir do original "Les révélations de l'insomnie : écriture et autobiographie chez Cioran", in Anale. Seria Drept, volumul XXVII (2018), la editura Mirton Timisoara, ISSN 1582-9359. Facultatea de Drept şi Administraţie Publică, Universitatea Tibiscus din Timişoara. [PDF] Resumo: Toda autobiografia espiritual é uma canção do eu, escreveu Harold Bloom. Esta observação… Continue lendo “As revelações da insônia: escritura e autobiografia em Cioran” – Rodrigo Menezes

“L’hétérologie du gnosticisme chez Fondane” (Aurélien Demars)

CAHIERS BENJAMIN FONDANE, Parole biblique et pensée existentielle no. 17. Société d'études Benjamin Fondane. Avant d’envisager la dimension gnostique d’une œuvre, il convient d’en surmonter les séductions, voire la fascination qu’exerce souvent son hermétisme ésotérique, à l’instar des interprétations gnostiques intempestives qui pullulent aujourd’hui. àforce de voir et de lire du gnosticisme partout (d’aucuns se… Continue lendo “L’hétérologie du gnosticisme chez Fondane” (Aurélien Demars)