O genocídio ‘esquecido’ da Alemanha na Namíbia, reconhecido após mais de um século | BBC News

Entre 1904 e 1908, a região onde hoje fica a Namíbia, no Sudoeste da África, foi palco de um genocídio. O então Império Alemão exterminou os povos Herero e Nama naquele local. https://www.youtube.com/watch?v=PlvjGGsLE3Y Motivados por uma ideologia racial, os alemães chegaram a utilizar campos de concentração – uma tecnologia de extermínio que ficaria famosa década… Continue lendo O genocídio ‘esquecido’ da Alemanha na Namíbia, reconhecido após mais de um século | BBC News

“As atrocidades do antissemitismo nazista na Romênia sob o olhar de um garoto” – Gabriel de SÁ

National Geographic Brasil, 4 de setembro de 2019 “Só não morri em Auschwitz por que uma tempestade de neve não me deixou embarcar para lá”, conta Joshua Strul, sobrevivente do Holocausto radicado no Brasil. Faltou muito pouco para que o romeno Joshua Strul e a família fossem deportados para o campo de extermínio de Auschwitz-Birkenau, na… Continue lendo “As atrocidades do antissemitismo nazista na Romênia sob o olhar de um garoto” – Gabriel de SÁ

Warsaw after the Second World War: The ghosts of Muranow | DW Documentary

Residents of Warsaw’s Muranow district claim they live amongst Jewish ghosts. These ghosts go wandering through the streets of the neighbourhood that, before World War II, they called home. https://www.youtube.com/watch?v=rt9_DesS1jM Before Muranow became the Warsaw Ghetto, this flourishing district was once an important cultural center for the Jewish community. German bombardment devastated the neighbourhood, burying… Continue lendo Warsaw after the Second World War: The ghosts of Muranow | DW Documentary

“Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” – José Thomaz BRUM

O Globo, 20 de janeiro de 1996 A filosofia de Cioran não constitui uma arquitetura abstrata de conceitos ideais. Meditação fundamentalmente impura, deriva de um estado de espírito, de uma obsessão mais do que se uma ideia a priori. Filósofo que parte dos afetos, das "misérias do eu", Cioran conheceu, em sua reflexão errática, momentos… Continue lendo “Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” – José Thomaz BRUM