Sofrimento e transfiguração (Emil Cioran)

SÓ O SOFRIMENTO muda o homem. Todas as outras experiências e fenômenos não conseguem modificar essencialmente o temperamento de ninguém nem aprofundar certas disposições suas a ponto de transformá-las completamente. De quantas mulheres equilibradas não fez o sofrimento umas santas? Absolutamente todas as santas sofreram muito mais do que se pode imaginar. Sua transfiguração não… Continue lendo Sofrimento e transfiguração (Emil Cioran)

As virtudes purgativas do sofrimento (Emil Cioran)

Só o sofrimento muda o homem. Todas as outras experiências e fenômenos não conseguem modificar essencialmente o temperamento de ninguém nem aprofundar certas disposições suas a ponto de transformá-las completamente. De quantas mulheres equilibradas não fez o sofrimento umas santas? Absolutamente todas as santas sofreram muito mais do que se pode imaginar. Sua transfiguração não… Continue lendo As virtudes purgativas do sofrimento (Emil Cioran)

“Como não pagar as dívidas” (Charles Baudelaire)

A Caroline e Jacques Aupick [Lyon], 25 de fevereiro de 1834 Papai e mamãe, Eu escrevo a vocês para convencê-los de que ainda existe esperança demover-me do estado que tanto lhes causa descontentamento. Sei que de imediato mamãe dirá: não o creio mais; e sei que papai dirá a mesma coisa, mas não desanimo. Vocês… Continue lendo “Como não pagar as dívidas” (Charles Baudelaire)