“Perdas: o fim das teodicéias modernas” – Susan NEIMAN

Muitas vezes alega-se que Auschwitz acabou com as crenças anteriores de que o progresso era inevitável, mas tais alegações pressupõem uma ingenuidade que poucos textos conseguem suportar. Vimos o ceticismo quanto à capacidade da humanidade de melhorar permear a obra de pensadores iluministas tão profundamente opostos entre si quanto Voltaire e Rousseau. Em 1794, ao… Continue lendo “Perdas: o fim das teodicéias modernas” – Susan NEIMAN

“O Mal no Pensamento Moderno (introdução)” – Susan NEIMAN

Os aspectos das coisas que são mais importantes para nós ficam escondidos devido a sua simplicidade e familiaridade. (É impossível perceber qualquer coisa — porque ela está sempre diante dos olhos.) As verdadeiras bases de sua investigação não surpreendem em nada. — E isso significa: deixamos de ser afetados por aquilo que, uma vez visto,… Continue lendo “O Mal no Pensamento Moderno (introdução)” – Susan NEIMAN

“O testemunho como ensaio – o ensaio como testemunho: Jean Améry nos limites do intelecto” – Helmut Paul Erich Galle

Revista Remate de Males, Campinas-SP, v. 37, n. 2, pp. 639-669, jul./dez. 2017. O ensaio é, conforme definido no verbete de uma enciclopédia dos gêneros literários, “uma forma literária de prosa não ficcional de extensão delimitada na qual um tema de livre escolha é tratado em estilo aberto e com uma linguagem universalmente inteligível” (Schärf,… Continue lendo “O testemunho como ensaio – o ensaio como testemunho: Jean Améry nos limites do intelecto” – Helmut Paul Erich Galle