“Cinzelador de cenotáfios” – Octavio PAZ

Jornal ABC, México, 21 de junho de 1995 Conheci Cioran quando acabava de publicar seu primeiro livro, por volta de 1947. Foi em uma reunião no apartamento de um amigo em comum em que os únicos estrangeiros éramos ele, romeno, e eu, mexicano. Em poucos minutos começamos a conversar sobre a literatura espanhola, que ele conhecia… Continue lendo “Cinzelador de cenotáfios” – Octavio PAZ