“Quem escreveu o Breviário de decomposição?” – Nicolas CAVAILLÈS

Tal como foi publicado pela editora Gallimard em 1949, o primeiro livro escrito em francês pelo romeno Emil Cioran, Breviário de decomposição, foi assinado E.M. Cioran, como, aliás, os demais livros franceses que se seguiram; hoje, porém, desde o sucesso de Exercícios de Admiração em 1986, lê-se em muitas das capas das reedições recentes o… Continue lendo “Quem escreveu o Breviário de decomposição?” – Nicolas CAVAILLÈS

“Quem escreveu o Breviário de Decomposição?” (Nicolas Cavaillès)

Tal como foi publicado pela editora Gallimard em 1949, o primeiro livro escrito em francês pelo romeno Emil Cioran, Breviário de Decomposição, tem por autor E.M. Cioran, como, de resto, os livros escritos em francês que se seguirão; hoje em dia, porém, após o sucesso de Exercícios de admiração, de 1986, lê-se em muitas das […]… Continue lendo “Quem escreveu o Breviário de Decomposição?” (Nicolas Cavaillès)

“Cioran, ingênuo e sentimental”, de Ion Vartic – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES

RESENHA: VARTIC, Ion. Cioran, ingenuo y sentimental. Trad. do romeno de Francisco Javier Marina (título original: "Cioran, naiv şi sentimental"). Zaragoza: Mira Editores, 2009. O ensaio de crítica literária e psicológica de Ion Vartic sobre Cioran parte das noções schillerianas de "ingênuo" e "sentimental" para definir o "tipo psicológico" do escritor romeno radicado em Paris.… Continue lendo “Cioran, ingênuo e sentimental”, de Ion Vartic – Rodrigo Inácio R. SÁ MENEZES