Grandes documentales: Baruch Spinoza y Gottfried Leibniz | ABC TV Paraguay

En esta edición volvemos a la filosofía con dos grandes exponentes del siglo XVII, ambos contemporáneos y ambos han hecho grandes aportes al pensamiento humano, Baruch Spinoza y Gottfried Leibniz https://www.youtube.com/watch?v=Id0PiSvuvSc

“Por que o ser e não o nada? A Grundfrage em Leibniz, Schelling e Heidegger” – Rossano PECORARO

Argumentos - Revista de Filosofia, Universidade Federal do Ceará (UFC), ano 4, n° 7, 2012 Resumo: Este artigo pretende discutir as diversas reflexões de Leibniz, Schelling e Heidegger sobre a“pergunta fundamental” (Grundfrage) da filosofia: “Por que o ser e não o nada?”Palavras-chave: Ontologia; Nada; Filosofia alemã; Metafísica. Abstract: This article aims to analyze three different… Continue lendo “Por que o ser e não o nada? A Grundfrage em Leibniz, Schelling e Heidegger” – Rossano PECORARO

Sobre a Música no MVR – Arthur SCHOPENHAUER

De fato, embora se possa dizer que a lógica está para o pensamento racional como o baixo fundamental para a música, e, também, em termos menos precisos, que a ética está para a virtude como a estética para a arte, tem-se de notar, em contrapartida, que nunca um artista veio a sê-lo pelo estudo da… Continue lendo Sobre a Música no MVR – Arthur SCHOPENHAUER

“Hacia una revalorización del abordaje filosófico de la nada” (Héctor Sevilla Godínez)

ARIEL - Revista de originales de Filosofía, mayo 2017, p. 39-46. Se realiza un breve recorrido a través de distintas posturas filosóficas y teológicas que han configurado el pensamiento antiguo y moderno. Iniciando con Leibniz y terminando con la propuesta de Mainländer, en un recorrido que abarca del s. XVII al XIX, el artículo ofreceun… Continue lendo “Hacia una revalorización del abordaje filosófico de la nada” (Héctor Sevilla Godínez)

“Beatitude e sofrimento” – Clément ROSSET

Tomo emprestado ao comunicado de Henri Birault, no colóquio Royaumont sobre Nietzsche, em 1964, o termo “beatitude”, para definir o tema central da filosofia nietzschiana. Provavelmente, do mesmo modo, outros termos conviriam: alegria de viver, gáudio, júbilo, prazer de existir, adesão à realidade, e ainda muitos outros. Pouco importa a palavra, aqui é a ideia… Continue lendo “Beatitude e sofrimento” – Clément ROSSET

Schopenhauer, pessimismo filosófico e a recepção brasileira de Cioran: Ciprian Vălcan em diálogo com Flamarion Caldeira Ramos

Entrevista originalmente publicada em ARCA – Revistã lunarã de literaturã, eseu, arte vizuale, muzicã (fondatã în februarie 1990 la Arad), anul XXV, nr. 4-5-6, 2014, e incluída no volume Cioran, un aventurier nemişcat. 30 de interviuri [Cioran, um aventureiro imóvel. 30 entrevistas] (Bucureşti, Editura ALL, 2015), com 30 entrevistas feitas por Ciprian Vălcan com de exegetas de Cioran de todo o mundo, das… Continue lendo Schopenhauer, pessimismo filosófico e a recepção brasileira de Cioran: Ciprian Vălcan em diálogo com Flamarion Caldeira Ramos

“Em que acreditam os ateus?” (Juan Arnau Navarro)

EL PAÍS, 27/04/2019 As pesquisas revelam que a religião perde influência, mas isso não significa o fim do monoteísmo A frase “Sou ateu, graças a Deus” é atribuída a Buñuel e tem as duas qualidades que Sócrates reivindicava para a filosofia: ironia e maiêutica. A primeira é evidente, faz rir; a segunda joga luz sobre uma… Continue lendo “Em que acreditam os ateus?” (Juan Arnau Navarro)

“Os defensores de Deus: Leibniz e Pope” (Susan Neiman)

Leibniz escreveu que todos condenam a opinião de Afonso de que o mundo poderia ser melhor. Juntava-se à condenação generalizada e se perguntava por que, apesar dela, o mundo dos filósofos e teólogos continha tantos Afonsos modernos. Pois qualquer um que pense que Deus poderia ter feito o mundo melhor e escolheu não o fazer… Continue lendo “Os defensores de Deus: Leibniz e Pope” (Susan Neiman)

“Fogo do céu” (Susan Neiman)

A filosofia não faz nenhum segredo disso. A confissão de Prometeu, “Em uma palavra, odeio todos os deuses”, é sua própria confissão, sua própria frase contra todos os deuses celestes e terrenos que se recusam a reconhecer a autoconsciência humana como a suprema divindade — ao lado da qual nenhuma outra deveria existir. — Marx,… Continue lendo “Fogo do céu” (Susan Neiman)

O teísmo como solução ao problema cosmológico – Emil CIORAN

Teismul ca soluție a problemei cosmologice, o monografie academică fără dată (circa 1930) Estudante de filosofia na Universidade de Bucareste, o jovem Cioran apresenta esta monografia (sem data determinada) sobre um problema filosófico que ecoará através de toda a sua obra posterior: a existência do mal no mundo tendo em vista a tese tradicionalmente aceita do… Continue lendo O teísmo como solução ao problema cosmológico – Emil CIORAN