“Cioran e a antropologia apocalíptica” – Amelia Natalia Bulboacă

Originalmente em Cioran, archives paradoxales, tomo II. Paris: Éditions Garnier, 2015, p. 181-193. Em seu primeiro livro, Nos cumes do desespero, publicado em 1934, Cioran declarava: Por mais que eu tenha me debatido neste mundo e por mais que eu tenha me separado dele, a distância entre mim e ele só o tornou mais acessível. Embora… Continue lendo “Cioran e a antropologia apocalíptica” – Amelia Natalia Bulboacă

Entrevista: Amelia Natalia Bulboacă e a recepção italiana de Cioran, entre duas línguas

Amelia Natalia Bulboacă nasceu na cidade de Brăila, na Romênia. É formada em Ciências Políticas pela Universidade de Milão, com especialização em Ciências Internacionais e Instituições europeias. É mestra em Ciências Antropológicas e Etnológicas pela Università degli Studi di Milano-Bicocca e está em vias de obter outra especialização em Filosofia das Religiões. É colaboradora da… Continue lendo Entrevista: Amelia Natalia Bulboacă e a recepção italiana de Cioran, entre duas línguas