“Há quem tenha medo que o medo acabe” – Mia COUTO

https://www.youtube.com/watch?v=5xtgUxggt_4 O medo foi um dos meus primeiros mestres. Antes de ganhar confiança em celestiais criaturas aprendi a temer monstros, fantasmas e demónios. Os anjos, quando chegaram, já era para me guardarem. Os anjos atuavam como uma espécie de agentes de segurança privada das almas. Nem sempre os que me protegiam sabiam da diferença entre… Continue lendo “Há quem tenha medo que o medo acabe” – Mia COUTO

“Os malefícios da coragem e do medo” – CIORAN

Ter medo é pensar continuamente em si mesmo e não poder imaginar um curso objetivo das coisas. A sensação do terrível, a sensação de que tudo acontece contra nós, supõe um mundo concebido sem perigos indiferentes. O medroso – vítima de uma subjetividade exagerada – julga-se, muito mais do que o resto dos humanos, o… Continue lendo “Os malefícios da coragem e do medo” – CIORAN